Bichos

Raio pode ter provocado a morte de 18 elefantes na selva indiana

Autoridades apuram causas após animais serem encontrados

Mulher ora próximo a elefantes mortos em floresta indiana; autoridades apuram se raio causou mortes - Anuwar Hazarika - 14.mai.21/Reuters
Guwahati (Índia)
AFP

Pelo menos 18 elefantes foram encontrados mortos na selva do estado de Assam, no nordeste da Índia, segundo autoridades locais informaram nesta sexta-feira (14). Foi aberta uma investigação para determinar a causa das mortes, mas a principal suspeita é que tenham sido por um raio.

O ministro das Florestas de Assam, Parimal Suklabaidya, expressou seu profundo pesar pela morte destes animais. Segundo ele, os elefantes podem ter sido mortos por um raio que atingiu a reserva florestal de Kandali, no distrito de Nagaon, na noite de quarta-feira (12).

"É muito doloroso ver elefantes morrerem assim. Mas temos que esperar pelo relatório post-mortem para saber a causa exata", disse ele à imprensa, no local do ocorrido, cerca de 150 km a sudeste de Guwahati, a capital do estado.

Funcionários florestais e o deputado local Jitu Goswami também disseram à AFP, um pouco antes, que os animais mortos foram, provavelmente, vítimas de um raio.

O primeiro-ministro de Assam, Himanta Biswa Sarma, disse em um comunicado que está preocupado com a morte de "tantos elefantes". Cerca de 30 mil elefantes vivem na Índia, o que corresponde a aproximadamente 60% da população de elefantes selvagens da Ásia.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem