Bichos

Equipes salvam 25 baleias encalhadas na Austrália e esforços continuam; 90 morreram

Pescadores, cientistas e voluntários trabalham para ajudar animais

Equipes tentam resgatar baleia encalhadas na Austrália - The Advocate Pool, Brodie Weeding/ REUTERS
BYRON KAYE
Sydney

Equipes de resgate libertaram nesta terça-feira (22) cerca de 25 baleias que ficaram isoladas em um banco de areia na remota costa oeste da Tasmânia em um dos piores eventos de encalhe da Austrália. As equipes ainda esperam salvar mais animais nos próximos dias.

Cientistas do governo disseram que cerca de 90 de um grupo de 270 baleias morreram desde que foram avistadas na segunda-feira (21).

As imagens mostraram um grande número de animais deitados em um amplo banco de areia no porto de Macquarie, cerca de 200 km a noroeste da capital do Estado, Hobart, enquanto outros se debatiam em águas ligeiramente mais profundas.

As equipes de resgate tiveram que entrar na água gelada para prender as baleias, que podem medir até 7 metros de comprimento e pesar até 3 toneladas, e, em seguida, guiar os animais enquanto os barcos os arrastavam para mais fundo na água.

“Nós decidimos por um método em que colocamos uma tipoia sob a baleia, que é presa a um barco e também temos uma tripulação na água”, disse Nic Deka, gerente regional do Serviço de Parques e Vida Selvagem da Tasmânia, em entrevista coletiva.

Mais de 60 pessoas estão envolvidas no esforço de resgate, incluindo pescadores locais e voluntários. Eles usavam roupas de mergulho e trabalhavam em turnos para evitar hipotermia.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem