Astrologia

Esotéricos dizem que 2021 tende a ser melhor que 2020, mas ainda será um ano difícil

Apesar da vacina, pandemia e crise econômica estarão presentes no ano que vem

Da esq. para dir., Aparecida Liberato, Marcia Sensitiva e Maria Itália
Da esq. para dir., Aparecida Liberato, Marcia Sensitiva e Maria Itália - Montagem
São Paulo

Para astrólogos e numerólogos, a tendência de 2021 é ser um ano melhor que 2020, mas ainda cercado de muitos desafios. Desde o fim de dezembro, aquário entrou em Saturno, onde ficará até março de 2023. Para Márcia Fernandes, mais conhecida como Márcia Sensitiva, isso significa que o conservadorismo precisa ir embora para dar lugar ao novo. "Ou você muda, ou você dança", diz.

A astróloga acrescenta que 2021 será um ano mais humanitário e de compaixão, em que as preocupações individuais devem ceder espaço em prol dos nós, do coletivo. Além disso, afirma ela, as pessoas devem se preocupar mais com o ser do que com o ter. "Percebemos em 2020 que não é necessário casa, papagaio, brinco [bens materiais] para ser feliz. O importante é você olhar no espelho e falar: 'O que estou fazendo da minha vida, como eu estou com a minha família? E vou ter que ajeita isso, e estamos ajeitando", completa.

Apesar da possibilidade de sinais de arrefecimento da pandemia do novo coronavírus entre fevereiro e março, Márcia Sensitiva diz que, mesmo com a vacina, a necessidade de ficar em casa e manter as medidas de proteção contra a propagação da Covid deverão ser mantidas ao longo do ano. "Pela astrologia, até novembro, a coisa está feia ainda", comenta.

Ela afirma que o desemprego e as dificuldades econômicas no Brasil seguem até março e abril, e vislumbra uma melhora neste cenário a partir de maio. Há ainda, acrescenta, uma tendência de ocorrências de chuvas torrenciais, com enchentes e quedas de barrancos, e de movimento de placas tectônicas, o que pode levar a terremotos ao redor do mundo.

"É um ano melhor que 2020, mas ainda é um ano carmático. Aliás, só termina o carma mundial em 2023", diz Fernandes. Ela cita que touro, virgem e capricórnio serão os signos em alta no próximo ano. Já os aquarianos e geminianos precisam tomar cuidado extra. "Libra, vai estar seis meses em alta, e seis meses em baixa", acrescenta.

Avanços e novidades tecnológicas devem marcar 2021, assim como a predisposição para a propagação de fake news.

NUMEROLOGIA VÊ GRANDES TRANSFORMAÇÕES

Na numerologia, 2021 é um ano 5, o que representa a energia das grandes transformações, segundo afirma a numeróloga Aparecida Liberato. "O ano de 2020 terminou e, com ele, a energia 4 deixa de agir no mundo. O 4 é o número que traz limitações e a necessidade de seguir regras estreitas. O 5 é o ano da abertura e da liberdade", diz.

Na mitologia, relata, o 5 corresponde a Mercúrio, "o mensageiro dos deuses que levava boas novas a todos os lugares". Apesar de sinalizar uma saída das intensas restrições de 2020, Aparecida pondera ser preciso ter cuidado com a imprevisibilidade e a instabilidade do próximo ano.

Ela aponta que fevereiro, abril, maio, julho, agosto, setembro e novembro serão os meses mais desafiadores de 2021. "Maio é o mês ideal para começar esse movimento de transformação dentro de cada um de nós, em nossas comunidades, nossas cidades, estados, nos países, nos continentes, em nosso planeta", indica.

O ano 5, pondera a numeróloga, também pode ser perturbador, em que fatos inesperados acontecem. Além disso, situações instáveis que não foram controladas anteriormente tendem a se agitar e transformar.

Por outro lado, Aparecida destaca que 2021 promete ser bastante favorável para quem souber inovar. "O 5 vibra com ideias criativas, soluções inusitadas, rumo ao progresso [...] A evolução na ciência traz descobertas e soluções", complementa. "Mas há comportamento impaciente, impulsivo, de risco", diz.

Para Aparecida, as ideias e ações podem ser perdidas, dispersadas ou descontroladas sem líderes "fortes, ousados e coerentes que saibam administrar essa intensidade de movimentação". "Neste ano tão provocador e intenso, carecemos de líderes que consigam organizar o mundo", diz.

Segundo esotéricos do portal Personare, anos 5 costumam ser marcados por forte transição, incertezas e instabilidades no plano geral. Mas também podem ser de grande modernização, avanços tecnológicos e movimentos coletivos.

Já a consultora espiritualista Maria Itália afirma que a crise econômica no Brasil começa a melhorar de fato entre o fim do primeiro semestre e início do segundo semestre. De acordo com a previsão dela, a vacina contra a Covid-19 terá algumas controvérsias, mas será realizada a partir de 2021 no Brasil. E, acrescenta, existe uma grande possibilidade de cientistas descobrirem novos imunizantes contra a doença em 2021.

"A partir de março, também melhora a energia do povo brasileiro, quando as pessoas terão mais vontade de ir em busca da felicidade", conclui.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem