Televisão

Tratando de doença no pulmão, apresentador do 'Cidade Alerta' da Paraíba morre após passar mal em voo

O apresentador Jota Júnior, que comandava o "Cidade Alerta" da TV Correio, afiliada da Record na Paraíba, morreu na madrugada de segunda-feira (24). Ele estava internado em um hospital de Belo Horizonte (MG) desde domingo depois de passar mal durante o voo que o levava até Porto Alegre (RS), onde daria continuidade a um tratamento médico.

No hospital, Jota sofreu uma parada cardíaca, de acordo com o pneumologista que o acompanhava, Ronaldo Rangel. O apresentador tratava de uma doença no pulmão desde o ano passado e que se agravou recentemente.

O velório aconteceu nesta terça (25) na Igreja Batista Redimir, em Bayeux, na Grande João Pessoa, e o corpo será sepultado na quarta (26), às 16h, no Cemitério Nossa Senhora da Boa Morte.

Jota Júnior estava afastado do trabalho desde abril de 2016. Ele tinha 52 anos. Em 2004 foi eleito prefeito de Bayeux e reeleito em 2008. Como comunicador, começou a carreira no rádio até ir para a TV.

Jota Junior, apresentador do 'Cidade Alerta' da Paraíba
Jota Junior, apresentador do 'Cidade Alerta' da Paraíba - Reprodução


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem