Fofices

'Foi extremamente fofo', diz professor interrompido por filhos em entrevista

O professor Robert E. Kelly virou notícia na semana passada após dar uma entrevista ao vivo para a BBC de Londres. Mas a repercussão do vídeo não aconteceu pelos motivos que o especialista em política sul-coreana queria.

A entrevista viralizou porque os filhos de Robert entraram em seu escritório no meio da conversa com a BBC. A reação do professor e de sua mulher, que corre para tirar as crianças de cena, ganhou as redes sociais.

"Foi extremamente fofo", disse Robert ao jornal americano "Wall Street Journal", ao lado da mulher, Kim Jung-A, e com os filhos no colo.

O professor Robert E. Kelly ao lado de sua família
O professor Robert E. Kelly ao lado de sua família - Reprodução

"Na maioria das vezes, as crianças voltam para mim quando encontram a porta do escritório trancada. Mas isso não aconteceu. E então eu vi a porta aberta e foi o caos", explicou Kim.

"Eu cometi esse pequeno erro que transformou minha família em estrelas do YouTube. É bem ridículo", disse o professor, que já está acostumado com entrevistas ao vivo.

Preocupado com a repercussão negativa da entrevista, Robert enviou um e-mail à BBC se desculpando pelo ocorrido, mas foi surpreendido quando perguntaram se ele autorizava a emissora a publicar o vídeo nas redes sociais.

"Nós ficamos paralisados porque não sabíamos o que fazer", disse o professor, que teve que colocar seu telefone em modo avião quando a entrevista começou a viralizar nas redes sociais.


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem