Celebridades

Caitlyn Jenner diz que pode se candidatar ao Senado dos EUA

A ex-atleta Caitlyn Jenner em evento da revista "Vanity Fair" em Beverly Hills
A ex-atleta Caitlyn Jenner em evento da revista "Vanity Fair" em Beverly Hills - Danny Moloshok-28.fev.2016/Reuters


Caitlyn Jenner, 67, se juntou a lista de celebridades que estão considerando se candidatar a cargos políticos nos Estados Unidos, após a eleição do ex-astro de reality show Donald Trump para presidente.

Jenner, que como o ex-campeão olímpico Bruce Jenner em 2015 se tornou o norte-americano mais famoso a fazer a transição para mulher, disse que vai decidir nos próximos seis meses se vai se candidatar para o Senado norte-americano pela Califórnia.

Jenner disse a John Catsimatidis em seu programa de rádio neste domingo (16), que está trabalhando com grupos ativistas para melhorar o posicionamento do Partido Republicano em questões relacionadas a lésbicas, homossexuais e transgêneros.

"Mais ou menos nos próximos seis meses eu preciso descobrir de onde eu posso fazer um trabalho melhor. Eu posso fazer um trabalho melhor do lado de fora, trabalhando no perímetro da cena política, estando aberta para conversar com qualquer um, ou você está melhor do lado de dentro?"

"Nós estamos no processo de determinar isso. Mas sim, eu buscaria um mandato senatorial", disse. A senadora democrata Dianne Feinstein concorrerá a reeleição na Califórnia, em 2018.

O sucesso de Trump, um empreendedor que ficou famoso no reality show de televisão "O Aprendiz" encorajou outros com nenhuma experiência política a considerar se candidatar a cargos políticos.

'THE ROCK'

No dia 9 de julho, um morador de Virgínia Ocidental criou um comitê de campanha presidencial para o ator Dwayne Johnson, conhecido como "The Rock". De acordo com a Comissão Eleitoral americana, o consultor político e escritor independente Kenton Tilford, 26, formalizou o pedido da campanha do ator como "Run The Rock 2020"

"Eu tenho discutido [esse comitê] com amigos há algum tempo, mas finalmente decidi criar o comitê porque a América está incrivelmente dividida", disse Tilford à CNN, em uma entrevista por e-mail.

O objetivo geral do comitê é "construir uma comunidade para mostrar que o Sr. Johnson que tem uma incrível popularidade como ator e como figura pública que pode se traduzir em política de forma perfeita", disse Tilford à CNN. "E espero que isso o influencie para concorrer ao pleito em 2020".

Em maio,  D​wayne Johnson surpreendeu a todos quando declarou que gostaria de concorrer à Presidência dos Estados Unidos, em entrevista à revista "GQ". "Acho que é uma possibilidade real", disse Johnson à publicação. 


Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem