Publicidade

Hospital onde Kate Middleton terá bebê fecha rua e proíbe permanência de imprensa e fãs

14/04/2015 - 19h52

Publicidade

DE SÃO PAULO

Foi dada a largada para o nascimento do segundo bebê real.

Em Londres, a movimentação já começou. Carros estão proibidos até o dia 30 de abril de estacionar na rua do hospital St. Mary, onde também nasceu o primogênito George.

Kate Middleton ficará na suíte exclusiva do hospital, chamada Lindo Wing, sob os cuidados do cirurgião-ginecologista Guy Thorpe-Beeston.

Segundo a "US Weekly", os preços para uma grávida comum ter seu bebê no quarto aumentou desde que o príncipe nasceu lá e agora gira em torno de £7 mil (cerca de R$ 30 mil).

E quem pensa que para a família real é de graça, está enganado. Kate e William, de acordo com a revista, receberam um "desconto de lealdade" de 10% no aluguel do quarto.

Para evitar o fuzuê que aconteceu no nascimento do bebê George, em junho de 2013, a família real proibiu imprensa e fãs de fazerem vigília em frente ao hospital até que seja confirmado oficialmente que a princesa entrou em trabalho de parto.

  • Últimas notícias 
  •  

Publicidade

Publicidade

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha