Publicidade

celebridades

Aguinaldo Silva diz que quem cura gay deve ser processado

26/12/2011 - 14h11

Publicidade

DE SÃO PAULO

O novelista Aguinaldo Silva disse que concorda com o ex-BBB e agora deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).

Wyllys afirmou em entrevista à Folha e ao UOL que deveria haver lei para punir instituições religiosas que atacam homossexuais e que promovem programas de "recuperação" ou "cura" da homossexualidade.

"A afirmação de que homossexualidade é uma doença gera sofrimento psíquico para a pessoa homossexual e para a família dessa pessoa", disse o deputado.

O autor da novela das 21h, "Fina Estampa", escreveu em seu Twitter: "Concordo com Jean Wyllis: instituições que dizem curar gays devem ser processadas por estelionato".

"Eu, por exemplo, conheço vários gays que disseram estar 'curados'. O problema é que todos eles tiverem recaídas. E também conheci vários heteros que disseram: 'Dessa água não beberei!' Mas beberam", ironizou Silva.

Paula Giolito/Folhapress
Aguinaldo Silva defende processo de estelionato para quem cura gay
Aguinaldo Silva defende processo de estelionato para quem cura gay
  • Últimas notícias 
  •  

gostou? leia também

  •  

Publicidade

Siga agora o F5 no Twitter

Livraria da Folha