Bichos

Brasileiros têm mais cachorros que crianças, segundo pesquisa do IBGE

Segundo dados divulgados pelo IBGE nesta terça-feira (2), o cachorro é, de fato, o melhor amigo do homem (e da mulher). Em 44,3% dos domicílios brasileiros há pelo menos um cachorro, com um total estimado de 52,2 milhões de cães.

Os dados valem para 2013. Isso significa que há mais cachorros de estimação do que crianças em domicílios brasileiros, já que, segundo o PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) do mesmo ano, havia 44,9 milhões de crianças de até 14 anos no país.

A região sul do país é a que concentra mais cães de estimação, com 58,6% dos domicílios com um ou mais cachorros.

Ellen Jabour caminhando com seu cachorro na orla da praia da Barra da Tijuca
Ellen Jabour caminhando com seu cachorro na orla da praia da Barra da Tijuca - Crédito: Dilson Silva/AgNews

Cães e gatos no Brasil segundo o PNS 2013
Cães e gatos no Brasil segundo o PNS 2013 - Crédito: Reprodução/IBGE
<> Spiffy Imagem
Cães e gatos no Brasil segundo o PNS 2013
Matéria importada do Spiffy News

Os gatos, porém, ficaram para trás, povoando apenas 17,7% dos domicílios do país. A população total dos felinos é de 22,1 milhões, metade da de cães.

É a primeira vez que o IBGE divulga o número de cães e gatos no país com esta metodologia. A pesquisa revela ainda em quantos dos domicílios com animais de estimação estes foram vacinados contra a raiva.

Apesar de ser a região com mais cães, o sul é onde estes são menos protegidos contra a raiva, com apenas 63,5% de animais vacinados. No total, 75,4% dos domicílios têm bichos de estimação vacinados.

Os dados foram coletados pela Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), que também revela dados sobre doenças, estilo de vida e condições gerais das casas dos brasileiros.

Animais vacinados para raiva em 2013 segundo o IBGE
Animais vacinados para raiva em 2013 segundo o IBGE - Crédito: Reprodução/IBGE
<> Spiffy Imagem
Animais vacinados para raiva em 2013 segundo o IBGE
Matéria importada do Spiffy News

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem