Você viu?
Descrição de chapéu BBC News Brasil

Ponte de vidro na China quebra e homem fica pendurado a 100 metros de altura

Ventos chegaram a 150 km/h, derrubando placas de vidro em ponte na montanha de Piyan
Ventos chegaram a 150 km/h, derrubando placas de vidro em ponte na montanha de Piyan - BBC News Brasil/Reprodução
BBC News Brasil

Um turista ficou pendurado em uma ponte a 100 metros de altura na China, cujos painéis de vidro se romperam com uma forte ventania na sexta-feira (7/5). O homem foi levado ao hospital para acompanhamento e está em "estado emocional e físico estável", segundo autoridades locais.

Vários pedaços do piso caíram com o vento, que chegou a uma velocidade de 150 km/h. O incidente aconteceu na montanha de Piyan, perto da cidade de Longjing, no nordeste do país.

Segundo a agência de notícias Xinhua, bombeiros correram para socorrer o turista, mas ele conseguiu voltar a um ponto seguro com a ajuda de pessoas presentes no local. A área foi fechada e uma investigação sobre o incidente foi iniciada.

Imagens do turista pendurado no meio da ponte foram amplamente compartilhadas nas redes sociais chinesas. Acredita-se que a China tenha cerca de 2.300 pontes de vidro —projetadas como atração no crescente turismo doméstico do país.

Em 2016, um turista se feriu ao cair em pedras enquanto caminhava em uma passarela de vidro na cidade de Zhangjiajie. Em 2018, a província de Hebei fechou todas as suas 32 atrações de vidro —incluindo pontes, passarelas e mirantes— para inspeções de segurança.

Em outro ponto do país, na província de Guangxi, uma pessoa morreu e outras seis ficaram feridas ao escorregarem em uma placa de vidro em 2019.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem