Você viu?

Novalgina processa sex shop por batizar marca de gel erótico como Navagina

Empresa dona do medicamento diz que se trata de 'infame jogo de palavras'

Gel de massagem Navagina
Gel de massagem Navagina - Reprodução
São Paulo
UOL

A Sanofi, farmacêutica dona do medicamento Novalgina, entrou com uma ação contra o sex shop Secret Love, de Bom Despacho (MG), por "prática de violação de marca" e "concorrência desleal".

A loja lançou no mercado um gel de massagem corporal chamado Navagina, vendido em sites de produtos eróticos. O UOL tenta contato com o sex shop Secret Love há uma semana, sem sucesso. Já a Sanofi respondeu que "não comenta processos em andamento".

Na ação, a Sanofi diz que, além do "infame jogo de palavras para se referir ao órgão genital feminino", a loja ainda usa uma "frase de baixo calão" na embalagem —"dipiroca solta", em referência ao princípio ativo do remédio Novalgina, a dipirona monoidratada.

Afirma, ainda, que a loja de Minas Gerais pretende causar uma "ilícita associação na mente dos consumidores e evidencia a intenção de alavancar as vendas do seu produto erótico às custas do prestígio conquistado pela marca".

A farmacêutica pede que os produtos com a marca "Navagina" deixem de ser vendidos, além de indenização de R$ 150 mil por danos morais.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem