Você viu?

Mansão que inspirou '101 Dalmatas' é colocada à venda por R$ 58 milhões

Casarão fica em Londres; veja detalhes

A mansão que inspirou a história de 101 Dálmatas está à venda em Londres, na Inglaterra, por 11 milhões de dólares, cerca de 58 milhões de reais - Beauchamp Estates/Reprodução
São Paulo

O casarão que inspirou o conto de “101 Dalmatas”, escrito por Dodie Smith em 1956 e que depois virou filme, foi colocado à venda pelo equivalente a R$ 58 milhões.

Localizada em Londres, na Inglaterra, a mansão fica próxima à casa do autor, segundo o jornal London Evening Standart. O casarão serviu de inspiração para ele, já que ele teria passado com frequência na frente do lugar na infância.

A mansão tem oito quartos, quatro banheiros e foi vendida pela última vez em 1987. A construção é datada de 1847. A área total é de cerca de 460 metros quadrados.

A história mostra a rotina de Brenda e Pongo, cachorros da raça dalmata, e de seus donos, o escritor de jogos Roger e a estilista Anita. Em 1961, a Disney transformou o conto em longa-metragem. Em 1996 ganhou uma nova versão.

No ano passado, a atriz Emma Thompson estava conversando com a Disney para fazer parte do elenco do live-action (mistura de animação com atores reais) sobre a vilã Cruella de Vil, do clássico "101 Dálmatas", segundo informou o site Deadline. A protagonista do longa deverá ser Emma Stone.

O longa "Cruella" deve retratar as origens da personagem que foi interpretada por Glenn Close, nos filmes inspirados na animação. A direção é de Craig Gillespie, mesma do drama "Eu, Tonya", e o o roteiro é de Tony ​MacNamara. Com a pandemia do novo coronavírus não é mais possível precisar uma data para que tudo saia do papel.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem