Você viu?

Rocha marciana é batizada em homenagem aos Rolling Stones

Pedra teria rolado cerca de um metro, empurrada pelos propulsores de uma espaçonave

A "Rolling Stones Rock"
A "Rolling Stones Rock" - NASA/JPL-Caltech/Handout/Reuters
Marie-Louise Gumuchian

Os Rolling Stones sacudiram palcos de todo o mundo durante sua carreira de mais de 50 anos, mas sua influência foi literalmente para o espaço depois que a Missão Mars InSight da Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa) batizou uma rocha de Marte em homenagem à banda.

Pouco maior que uma bola de golfe, reza a lenda que a “Rocha Rolling Stones” teria rolado cerca de 1 metro, empurrada pelos propulsores da espaçonave InSight, durante o pouso no planeta em novembro, disse a Nasa.

“Em imagens feitas pela InSight no dia seguinte, é possível ver vários torrões do solo laranja-avermelhado seguindo a Rocha Rolling Stones”, informou a agência. “É o mais longe que a Nasa já viu uma rocha rolar enquanto pousava uma espaçonave em outro planeta.”

O ator Robert Downey Jr. anunciou o nome quando Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood e Charlie Watts estavam prestes a se apresentar na noite de quinta-feira no Estádio Rose Bowl de Pasadena, próximo do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa.

Os Rolling Stones, conhecidos por sucessos como “Sympathy For The Devil” e “Brown Sugar”, classificaram a honra como “um marco em nossa história longa e repleta de acontecimentos”.

Embora o nome “Rocha Rolling Stones” seja informal, constará dos mapas de Marte, disse a Nasa, mas só a União Astronômica Internacional pode dar nomes científicos oficiais a locais, asteróides e outros objetos do sistema solar.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem