Você viu?

Marido de Luana Piovani, Pedro Scooby passa apuros e fica três horas à deriva na Indonésia

Navio que levava surfista e amigos naufragou após tempestade

O surfista Pedro Scooby - Marcus Leoni/Folhapress
Leonardo Volpato
São Paulo

Marido da atriz Luana Piovani, o surfista Pedro Scooby, 29, passou por um grande susto na Indonésia junto com amigos brasileiros. O navio em que ele estava com outros três surfistas e o capitão naufragou e o grupo ficou à deriva por cerca de três horas até ser resgatado.

O barco em que estavam afundou, e eles tiveram de aguar dar, à noite, em cima de uma pequena jangada improvisada até conseguirem ajuda da guarda costeira. Ninguém ficou ferido.

A embarcação, chamada Alyssa, não resistiu à tempestade e aos ventos fortes e cedeu nesta sexta-feira (3). Ela saiu do porto de Padang, em Sumatra, na última quinta (2), e tinha como destino as ilhas Mentawai, local ideal para o surfe.

 

Com uma grande rachadura no casco, a água começou a entrar e afundar o barco. Foi nesse momento que Scooby, o surfista Felipe Cesarano, o “Gordo” e demais tripulantes resolveram abandoná-lo.

Um barco que chegou para tentar efetuar o salvamento ficou à deriva junto com eles, pois a corda do reboque se enroscou na hélice do motor. Gordo, Scooby e outros amigos permaneceram boiando em cima de pedaços de prancha e materiais diversos, em pleno alto-mar.

Em vídeo publicado no Instagram, Scooby relatou os momentos de susto. “Ficou todo o mundo vivo. Graças a Deus, todo o mundo bem. Estamos encostando aqui num porto numa ilha da Indonésia. Acho que o mais importante mesmo, depois de um dia desses, é agradecer, levar as mãos para o céu. Todos com saúde, todos vivos, é o mais importante”.

O resgate só foi possível por conta da luz de uma lanterna que os amigos tinham à mão.

“O dia foi intenso aqui. Só para dizer que, se vocês ouvirem alguma notícia por aí de um naufrágio, que está tudo bem. Estão todos salvos. Nessa hora, a gente só pensa nisso, na família e em estar vivo”, disse Scooby no vídeo.

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias