Você viu?

Após Moro decretar prisão de Lula, internautas questionam dono do Bahamas Club sobre cerveja grátis 

Oscar Maroni, dono do bar, fez promessa em 2016

Oscar Maroni em seu hotel, o Oscar's Hotel, em maio de 2017
Oscar Maroni em seu hotel, o Oscar's Hotel, em maio de 2017 - Eduardo Knapp/Folhapress

São Paulo

Desde que o juiz Sergio Moro decretou a prisão do ex-presidente Lula, internautas têm questionado Oscar Maroni, dono do Bahamas Club, por uma promessa feita pelo empresário em 2016. 

Conhecido como "magnata do sexo", Maroni prometeu distribuir cerveja grátis nos arredores do seu estabelecimento, em Moema, zona sul de São Paulo, se o petista quando o petista fosse preso.

Em vídeo, Maroni disse que gastaria "de oito a nove mil reais de cerveja". "Dentro e na praça em frente ao Bahamas Club. Se o Lula for preso, corram para o Bahamas Club que até a meia noite a cerveja, a bebida, a festa vai ser de graça", prometeu. 

No Twitter, o assunto está entre os mais populares da rede social, os chamados trending topics. No Instagram, muitos seguidores cobram a promessa em comentários deixados na última publicação feita pelo empresário, nesta quinta (5): um vídeo de comemoração pela condenação de Lula. 

"Já pode ir pro Bahamas?", pergunta um internauta. "To organizando uma excursão do ES pra pegar esse open bar aí, hein, prepara!", disse outro. "Ônibus saindo de Nova Iguaçu, interessados entrem em contato", escreveu um terreiro. 

As buscas pelos termos "Bahamas Club" e "Oscar Maroni" também dispararam no site de pesquisas Google. 

'O MÊS TODO' 

Pelo recurso Stories do Instagram —em que fotos e vídeos desaparecem em 24 horas—, Maroni voltou a falar da promessa nesta quinta (5).

Segundo ele, o acordo começa a valer a partir do momento em que o petista for, de fato, preso, e vale até a meia-noite do dia em questão. A determinação do juiz Moro é de que Lula se apresente à Polícia Federal em Curitiba até as 17h desta sexta (6).​

"Se o Lula for preso, até a meia-noite, a cerveja é graça. Agora, se matarem ele, o mês todo a cerveja é de graça. Se matarem ele lá na cadeia", disse, rindo, em vídeo. 

 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem