Viva Bem
Descrição de chapéu BBC News Brasil

Olimpíadas: Como nascer na época certa do ano pode determinar o futuro de um campeão

Data de nascimento pode influenciar suas chances de sucesso esportivo

El Estadio Olímpico de Tokio no tendrá público por las restricciones de la pandemia en la capital de Japón.
El Estadio Olímpico de Tokio no tendrá público por las restricciones de la pandemia en la capital de Japón. - Getty Images/BBC
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

BBC News Brasil

Para se destacar nas Olimpíadas, um atleta precisa de várias coisas: bom condicionamento físico, muito treino, resiliência, foco e… ter nascido na época certa. Sim, a data de nascimento de um atleta pode influenciar suas chances de sucesso esportivo.

Pesquisadores analisaram o futebol na Inglaterra, o hóquei no gelo no Canadá e os competidores das Olimpíadas de Pequim, em 2008, para tirar conclusões sobre o impacto das datas de nascimento dos atletas.

Em 2009, as escolas de esportes profissionais de jovens ingleses com idades entre 16 e 20 anos eram compostas em sua maior parte por jogadores com datas de nascimento que cobriam um período de três meses. Mais da metade, 57%, dos jovens haviam nascido em setembro, novembro ou dezembro, enquanto apenas 14% comemoravam o aniversário em junho, julho ou agosto.

Não é um caso isolado. Em um recente Campeonato Europeu de sub-17, 75% dos jogadores de futebol haviam nascido em uma janela de quatro meses. Resultados semelhantes foram detectados no hóquei no gelo canadense e nas Olimpíadas de Pequim em 2008.

O EFEITO DA IDADE RELATIVA

Esta observação é conhecida como o Efeito da Idade Relativa. Ela é determinada pela data limite para a competição por faixa etária. No futebol inglês, como acontece na escola, as crianças são colocadas em grupos anuais com base no fato de terem nascido antes ou em 1º de setembro —que é quando começa o ano letivo no Reino Unido.

As crianças nascidas em setembro têm uma vantagem sobre as crianças nascidas em agosto porque têm quase um ano inteiro a mais para crescer e se desenvolver. Isso é exacerbado nos primeiros estágios da puberdade, quando as crianças podem se desenvolver bastante em um único ano.

Infelizmente, os adultos muitas vezes acreditam que as vantagens de tamanho e coordenação se traduzem em melhores desempenhos. Os treinadores de futebol e hóquei no gelo que precisam selecionar seu time muitas vezes confundem talento com idade e, muitas vezes sem saber, selecionam um time com jovens maiores e com maior probabilidade de vencer.

É preciso um treinador corajoso para colocar o desenvolvimento infantil de longo prazo em primeiro lugar, deixando pais competitivos em segundo plano.

Pesquisadores descobriram que data de nascimento de jogadores influencia suas chances de sucesso
Pesquisadores descobriram que data de nascimento de jogadores influencia suas chances de sucesso - Getty Images/BBC

O EFEITO CUMULATIVO

"Crianças nascidas imediatamente após o ponto de corte em seu esporte ou país específico são geralmente maiores e, portanto, são mais propensas a serem escolhidas em seus primeiros anos, levando a uma vantagem cumulativa", diz Ben Oakley, professor de Educação de desempenho esportivo da The Open University, no Reino Unido.

Imagine, então, que aos 10 anos, você é selecionado para sua equipe e identificado com "talento". Seus pais ficam radiantes de orgulho e os treinadores investem mais tempo em seu progresso; você obtém mais feedback, prática e jogos para jogar.

Em pouco tempo, sua vantagem de maturidade é ampliada por essa entrada. Além disso, você se sente mais confiante de que é bom em alguma coisa. Se há uma coisa que todos nós sabemos sobre a psicologia do desempenho, é esta: é provável que você persista em algo novo quando recebe alguma forma de sucesso precoce.

Pode ser elogio de alguém que você respeita, resultados em competições, seleções, domínio de uma nova habilidade difícil ou sentir-se parte de um grupo.

O jogador menor e menos desenvolvido, portanto, precisa ser resiliente às reviravoltas que provavelmente experimentará, o que não é fácil para uma criança de 10 anos. Eventualmente, depois de alguns anos, elas costumam ficar desanimadas e podem deixar o esporte.

No Canadá, o mesmo processo ocorre no hóquei no gelo. No entanto, como a data limite da seleção de hóquei é o ano normal (ou seja, 1º de janeiro), janeiro, fevereiro e março são os meses de nascimento mais favorecidos.

Messi mede 1,70m e é um dos melhores jogadores da história
Messi mede 1,70m e é um dos melhores jogadores da história - Getty Images/BBC

ESPORTES OLÍMPICOS

As implicações do Efeito da Idade Relativa para os esportes olímpicos são mais complexas. Para começar, a data limite para os esportes olímpicos é novamente 1º de janeiro. Além disso, há grupos classificados por peso, como boxe, luta livre, taekwondo e judô.

No entanto, alguns resultados interessantes surgiram quando alguns pesquisadores diligentes se aplicaram à tarefa monumental de analisar as datas de nascimento de todos os 18.132 competidores dos Jogos Olímpicos de 2008. No geral, havia mais competidores do sexo masculino e feminino nascidos no primeiro trimestre do ano do que em qualquer outro trimestre.

Claro que há muitas exceções a essas descobertas, mas a ideia geral é que as crianças nascidas imediatamente após o ponto de corte em seu esporte ou país específico são geralmente maiores e, portanto, são mais propensas a serem escolhidas em seus primeiros anos, levando a um período de vantagem cumulativa.

Compreender o Efeito da Idade Relativa ajuda os pais e treinadores a refinar o que eles percebem como marcadores de talento. Tamanho e força não são tudo: no futebol, um dos melhores jogadores da história, Lionel Messi, nasceu em 24 de junho e mede 1,70 m de altura.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem