BBB21

BBB 21: Fiuk tem pequena vantagem sobre Camilla e deve ser vice-campeão

Índice de Popularidade Digital mostra Juliette como campeã

Camilla de Lucas, Fiuk e Juliette - João Cotta/Globo
São Paulo

Após mais de três meses de sobe e desce em índices de popularidade e no coração dos internautas, os participantes do Big Brother Brasil 21 descobrirão na noite desta terça-feira (4) quem levará o disputado prêmio de R$ 1,5 milhão.

A advogada e maquiadora Juliette Freire, 31, continua a despontar no IPD (Índice de Popularidade Digital) e deve ser a grande campeã. Nos dados divulgados nesta terça-feira, ela voltou a aparecer liderando o ranking pela nona semana seguida.

Publicado semanalmente pelo F5, o ranking é feito pela consultoria Quaest e avalia o desempenho dos brothers no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, Wikipedia e Google. Um modelo estatístico os coloca em uma escala de popularidade de 0 a 100.

A análise se dá em cinco dimensões: fama (número de seguidores), engajamento (comentários e curtidas por postagem), mobilização (compartilhamento das postagens), valência (reações positivas e negativas às postagens) e presença (número de redes sociais em que a pessoa está ativa).

Com IPD de 81,52, a Juliette tem ampla vantagem sobre os outros dois finalistas, Fiuk (32,49) e Camilla (32,62), além de ter nota máxima nas dimensões fama, engajamento e mobilização. Com isso, a disputa deve ser mesmo pelo segundo lugar.

O ranking mostrar pequena vantagem para Camilla, que ocupa a 10ª colocação, uma a frente de Fiuk. Apesar disso, o ator e cantor tem cerca de um milhão de seguidores a mais que ela, somando todas as suas redes sociais e mobilização 27% superior.

Sendo assim, Fiuk é apontado como o mais próximo da conquista do segundo lugar, apesar de Camilla ainda ter chances de virar e abocanhar o prêmio do vice-campeão, de R$ 150 mil --o do terceiro colocado é de R$ 50 mil.

CEM DIAS DEPOIS

Considerando a média dos três finalistas ao longo do programa, Juliette permanece em 1º lugar no Índice de Popularidade Digital, apesar de ter começado como uma das competidoras com menos seguidores na web e com IPD de 13,91 (hoje é de 81,52).

Apesar do começo difícil, sofrendo isolamento e comentários xénofobos, a paraibana disparou nas redes sociais e superou os 23 milhões de seguidores no Instagram, além de ter ultrapassado Neymar em interações. No fim, seu IPD médio foi de 55,53.

Fiuk, por outro lado, viveu altos e baixos no que diz respeito à popularidade. Atingiu seu melhor índice, de 66,22 em 29 de janeiro, mas despencou para 28,22 depois disso. Hoje, ocupa a 10ª colocação, com IPD de 32,49. Considerando a média dos últimos cem dias, seu IPD é de 41,79, o 4º melhor.

Já Camilla, sofreu o efeito inverso ao de Juliette. Após entrar como um dos melhores IPDs da casa, de 46,66, ela subiu nos primeiros dias, chegando a 54,38, mas não conseguiu se sustentar. Nona colocada atualmente, a influenciadora tem IPD de 32,62, muito próximo de sua média de todo o programa, de 35,60, o 7º melhor.

OS ELIMINADOS

Mesmo eliminados, alguns participantes do BBB 21 continuam a fazer sucesso entre os internautas. Gilberto Nogueira, 29, por exemplo, deixou o programa no último domingo (2), mas ganhou mais de 3 milhões de seguidores desde a última semana.

Com isso, o doutorando em economia assumiu a segunda colocação no IPD, com índice de 54,02 e atrás apenas de Juliette. Atrás dele também estão os já eliminados Viih Tube (45,23), Rodolffo Matthaus (41,76) e Sarah Andrade (35,95).

Já na lanterna no ranking estão a primeira eliminada do programa, Kerline Cardoso, 18ª colocada e com IPD de 17,27, seguida por Karol Conká (17,16) e Nego Di (14,67). A rapper não consegui melhorar nem com a estreia de seu documentário, “A Vida Depois do Tombo” (Globoplay).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem