Televisão

Humorista se desculpa por criticar Praia Grande e mostra piada com São Vicente

Mhel Marrer disse que em cidade do litoral 'todo mundo é feio'

A humorista Mhel Marrer - Instagram/mhelmarrer
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A humorista Mhel Marrer se desculpou com a população de Praia Grande (SP) pela piada feita no programa A Praça É Nossa da última quinta (21). Na ocasião, ela chamou o município do litoral paulista de lugar "sujo" e onde "todo mundo é feio".

"Me desculpa, eu errei, não devia ter falado mal da cidade de vocês. Eu achei que isso era engraçado porque sempre que fiz essas piadas na Praia Grande vocês riram e aplaudiram quando eu as fazia com [a cidade de] São Vicente", publicou. Na sequência, ela mostrou trecho de vídeo da sua apresentação na Praia Grande em que há risadas quando ela faz piada do município vizinho.

Segundo o SBT, a pedido do canal e de Carlos Alberto de Nóbrega, a comediante terá de se desculpar também no programa A Praça É Nossa.

A retratação deverá ser gravada na próxima semana, quando Carlos Alberto retorna ao programa —ele teve de ficar afastado após ser submetido a um cateterismo. Ainda não está definida a data exata em que o pedido de desculpas vai ao ar.

Na piada que foi veiculada pela atração, Mhel Marrer disse que "Praia Grande é uma praia do mesmo jeito que rio Tietê é um rio, agora é só para fazer necessidades lá dentro".

Em outro trecho afirmava que o mar da cidade "não tem onda, porque é muito lixo," e que lá "todo o mundo é feio". Também afirmou ter pego micose e "pereba" ao ir para a região.

As piadas geraram grande comoção nas redes. Mhel disse que recebeu ameaças de morte após a veiculação do programa.

Depois de apagar a legenda de sua postagem de desculpas algumas vezes, a humorista publicou um grande texto no qual reforçou o pedido de perdão --que não era destinado a políticos, mas ao povo caiçara. Também disse que vai expor quem a ameaçou.

Por causa da grande repercussão das redes, a prefeitura de Praia Grande divulgou no domingo (24) uma nota em que repudia o que chamou de "violência verbal" sofrida pela cidade. "Válido reforçar que o município é grande incentivador da cultura e respeita todos os tipos de arte, desde que não firam ou deturpem a imagem de pessoas ou instituições", diz o comunicado.

A prefeitura afirmou que convidou a produção de A Praça É Nossa a visitar o município e conhecer a sua "bela história de superação de seu povo" para acabar com um triste estigma do passado, mostrando que hoje a cidade figura entre as mais desenvolvidas do Brasil e é "um dos destinos turísticos mais procurados do país em virtude de suas belezas e infraestrutura".

Em suas redes, a prefeitura também incentivou nesta segunda (25) os moradores e comerciantes da cidade a aderirem à campanha virtual "Orgulho de ser Praia Grande" como forma de defender e demonstrar amor pelo lugar.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem