Televisão

Paola Carosella diz que pagava para trabalhar no começo da carreira

Ex-MasterChef afirma que, por ser mulher, só um restaurante a aceitou

Paola Carosella no Altas Horas
Paola Carosella no Altas Horas - Divulgação/TV Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Após deixar o MasterChef da Band, Paola Carosella, 48, tem se tornado figurinha fácil nas produções da Globo. Após participar do Conversa com Bial, desta vez ela marca presença no Altas Horas, comandado por Serginho Groisman.

Durante a participação, a chef de cozinha afirmou que não foi fácil dar os primeiros passos na profissão. Ela lembrou que quando começou, em 1989, a Argentina tinha acabado de sair da ditadura e ainda era muito conservadora.

"Eu achei um único restaurante que me deixou aprender", afirmou. "Por ser mulher, eu pagava para estar lá. No dia que entrei pela primeira vez na cozinha, falei: ‘Esse lugar é meu’."

Também no programa, a atriz Patricia Pillar, 57, comemora o Dia do Cinema Nacional, celebrado neste sábado (19). "Infelizmente estamos passando por um momento terrível no mundo todo e especialmente no Brasil", lamentou. "Mas nós renasceremos dessas cinzas porque a cultura e o cinema brasileiro são muito fortes. A gente vai voltar com tudo."

Já Marjorie Estiano, 39, contou que está terminando de gravar a quarta temporada de "Sob Pressão" e que tem aproveitado para rever seus antigos trabalhos, já que está no ar nas reprises de "A Vida da Gente" e "Império". "Eu tenho conseguido acompanhar e é muito gostoso", disse. "É encantador ver como o tempo fez uma transformação em mim."

Participam do programa ainda a ex-atleta Daiane dos Santos, que integra a equipe de comentaristas da TV Globo nos Jogos Olímpicos, e Vera Fischer , que tem uma peça de teatro prevista para estrear em Portugal no final do ano. As atrações musicais são as cantoras Naiara Azevedo, Solange Almeida e Vanessa da Mata.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem