Televisão

The Voice+: Zé Alexanddre é o vencedor da primeira temporada do programa

Como prêmio, ele recebe R$ 250 mil e um contrato com a Universal Music

Zé Alexanddre é o campeão da primeira temporada do reality The Voice+
Zé Alexanddre é o campeão da primeira temporada do reality The Voice+ - João Miguel Júnior-4.abr.2021/Globo
São Paulo

Zé Alexanddre, 63, foi escolhido pelo público como o vencedor da primeira temporada do The Voice+ (Globo). Ele teve 39,40% dos votos na grande final do show de talentos para maiores de 60 anos. Como prêmio, ele receberá R$ 250 mil e um contrato com a gravadora Universal Music.

O carioca participou da disputa no time de Claudia Leitte, no qual conquistou uma vaga nas audições às cegas. A técnica, que participou do programa à distância após o marido receber diagnóstico de Covid, se emocionou com a vitória dele e apareceu chorando no telão.

“Tem sido uma mistura de adrenalina, apreensão e empenho", disse ele ao F5 antes da final. "Tenho tentado cuidar da mente. Minha rede social aumentou em sete vezes. Os velhinhos estão com tudo.”

A final do programa começou com 8 participantes, sendo dois de cada time. Após a primeira rodada, os técnicos tinham que escolher qual das duas vozes seguia na competição e disputaria o voto popular, pela internet.

Pelo time do cantor Daniel, participaram Catarina Neves, 82, e Fran Marins, de 69. A primeira cantou "Malagueña Salerosa", enquanto a segunda optou pelo clássico "Romaria". O técnico acabou escolhendo Catarina.

"Não preciso dizer que as duas são fantásticas, elas estão aqui", disse o cantor. "Quero agradecer por estarem junto comigo. A voz que vou escolher tem um alcance enorme, tem a cara do The Voice +, é uma voz além do seu tempo: Catarina Neves."

Depois, foi a vez do time da funkeira Ludmilla se apresentar. Dudu França, 70, cantou a música "Oh! Darling", dos Beatles, enquanto Sueli Rodrigues, 65, foi de "Goldfinger", famosa na voz de Shirley Bassey. A técnica optou por Dudu.

"Mais uma apresentação que deixou a gente sem ar", disse Ludmilla. "Agradeço pela trajetória até aqui. Levo uma bagagem cheia de aprendizado. Vocês vieram e deram o recado. A voz que vou escolher, me deixou mais tempo sem ar hoje, é o Dudu França."

Na sequência, foi a vez das apresentações do time de Mumuzinho. Geraldo Maia, 61, interpretou "Sou Você", de Caetano Veloso, e Leila Maria, 64, escolheu "Vou Deitar e Rolar (Qua Qua Ra Qua Qua)". Esta última foi a escolhida pelo técnico para continuar.

"Leila é uma voz multi, que pode cantar o que quiser. Me orgulhou muito!", disse ele. "A voz que vou salvar, hoje, é Leila Maria."

O último time a se apresentar foi o de Claudia Leitte. Enquanto Vera do Canto e Mello, 83, apresentou a canção "Over the Rainbow", Zé Alexanddre interpretou "Pétala", de Djavan. A técnica optou pelo último.

"A minha escolha é uma voz forte e poderosa", elogiou. "Ambos são, mas vou ser objetiva, dentro da minha gratidão e da minha admiração por ambos. Hoje, quem vai para segunda rodada é Zé Alexanddre."

Na segunda rodada, Catarina Neves interpretou "Fascinação (Fascination)", Dudu França foi de "Deixa Chover", Leila Maria optou por "I Will Always Love You" e Zé Alexanddre cantou "Somebody To Love", que o sagrou campeão da competição.

A versão da competição para maiores de 60 anos parece ter agradado à Globo. A emissora já abriu inscrições para uma segunda temporada do show de talentos, que ela promete levar ao ar em 2022.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem