Nerdices

Nova HQ do Pantera Negra terá roteirista de '12 Anos de Escravidão'

Quadrinhos serão escritos por John Ridley a partir de agosto

Nova série do Pantera Negra será lançada em agosto; capa é de Alex Ross

Nova série do Pantera Negra será lançada em agosto; capa é de Alex Ross Alex Ross/Marvel Entertainment/NYT

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

George Gene Gustines
The New York Times

O Pantera Negra, super-herói dos quadrinhos da Marvel Comics, terá uma nova série e uma nova equipe de criação, a partir de agosto. Os quadrinhos serão escritos por John Ridley, roteirista premiado com o Oscar por "12 Anos de Escravidão", e ilustrados por Juann Cabal. (A atual série do Pantera Negra, iniciada em 2016 e com texto de Ta-Nehisi Coates, será concluída em 26 de maio.)

O Pantera Negra, criado em 1966, é o primeiro super-herói negro de quadrinhos, pelo menos em revistas de grandes editoras, e vem de Wakanda, um país fictício na África, onde ele é conhecido como T’Challa e serve como rei. Ridley diz que está empolgado com a oportunidade de escrever o herói.

"Para começar, Pantera Negra é um grande personagem, em si e por si”, afirma Ridley, em entrevista por telefone. "Quando você é um garoto negro, na infância, a cada vez que vê um herói parecido com você, mesmo que o retrospecto dele tenha pouco a ver com as experiências que viveu, isso é algo que o deixa mais perto da realização de desejos que é inerente na criação de graphic novels".

Na nova história, Pantera Negra recebe uma mensagem urgente de um agente de Wakanda que está em perigo. "É um híbrido de espionagem e história de super-herói, mas em seu cerne é uma história de amor", diz Ridley. "E não quero dizer só amor romântico, embora isso aconteça em alguma medida. É amor entre amigos."

Ele afirma ter pensado em seus grandes amigos na infância "e na maneira pela qual vivíamos sempre juntos, e nas mudanças em nossas vidas ao logo do tempo".

“Estávamos saindo de um verão onde vimos os negros lutando por nossos direitos, assumindo posições, batalhando de maneiras que não víamos há anos”, ele disse. “E foi realmente importante para mim, depois do ano que tivemos, ter esse tipo de conversa com as pessoas negras, e poder usar palavras como amor, carinho e esperança, e pesar, e falar de todas as emoções realmente fundamentais que todos têm”.

Notícias sobre a nova série foram publicadas inicialmente pelo site de quadrinhos Bleeding Cool. O primeiro volume da nova série terá capa de Alex Ross.

Tradução de Paulo Migliacci.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem