Música

Duda Reis ganha funk do cantor MC Romy após fazer denúncia contra Nego do Borel

Músico escreveu música 'Tropa das Mulheres Disk 180' em apoio à atriz

MC Romy faz funk em apoio a Duda Reis
MC Romy faz funk em apoio a Duda Reis - Marcos Araújo/Divulgação
Martha Alves
São Paulo

A modelo e atriz Duda Reis, 18, ganhou mais uma demonstração pública de apoio depois de denunciar o cantor Nego do Borel, 28, por violência física e psicológica durante o relacionamento dos dois. Desta vez, o apoio veio em forma de funk, com a música "Tropa das Mulheres Disk 180", lançada pelo MC Romy, 27.

O cantor carioca disse que fez a música para as mulheres que "passaram por alguma situação de abuso físico ou emocional, como Duda Reis". O próprio nome da música já traz o número da Central de Atendimento à Mulher, 180, criado pelo governo federal para denúncias de casos de violência contra a mulher.

“Tive a ideia de fazer essa música pois fiquei muito sensibilizado com a história e coragem dessas mulheres que apareceram na mídia, principalmente a Duda Reis”, diz Romy, que engrossou a lista de famosos que saíram em apoio a atriz, que inclui as cantoras Anitta, 28, e Gabily, 25; as influenciadoras Gabriela Publiesi, 34, e Andressa Suita, 33; entre outras.

No lugar de imagens no clipe postado no YouTube, o cantor inseriu uma tela preta com informações sobre a violência contra as mulheres. Ele publicou, por exemplo, que uma mulher é morta a cada nove horas e que a violência contra elas cresceu 44,9% durante a pandemia.

A inspiração para Romy, no entanto, não veio apenas da televisão, mas também de um episódio de violência doméstica na família. Uma prima do cantor foi agredida pelo ex-namorado e chegou a ficar internada. Na opinião dele, os homens deveriam se unir e fazer um movimento para mudar essa realidade.

“Acredito que o funk como um ritmo popular tem também o papel de abordar temas reflexivos na nossa sociedade. O papel do homem do presente e do futuro é desconstruir. Sou totalmente contra comportamentos abusivos”, disse o artista.

​Romy começou na música cantando louvores nas missas na igreja católica Padre Eterno e São José, na comunidade de Cidade de Deus, zona oeste do Rio, onde morava com a família. Aos 20, começou a carreira no funk como forma de se expressar artisticamente e com letras engajadas em questões sociais, como empoderamento das mulheres.

A próxima música do artista, que será lançada em março, vai tratar do preconceito com as mulheres que já passaram dos 40 anos. Com o funk “As Novinhas Passaram, Agora é a Vez das Coroas” ele quer enaltecer as mulheres mais maduras e fortalecer a luta contra o preconceito. “Elas podem ser livres e fazerem o que quiser independente da idade”, afirma.

HOMENAGEM A MARINA RUY BARBOSA

Duda Reis não é a primeira celebridade enaltecida pelas músicas de funkeiro. Outra atriz homenageada pelo cantor foi Marina Ruy Barbosa, 25, que ganhou a música 'O Brasil Te Ama', após ter sido apontada como pivô do fim do casamento dos atores Débora Nascimento e José Loreto, em 2019. Ela negou o caso com o colega de elenco.

MC Romy disse que fez a canção após ler comentários de apoio à atriz em meio às polêmicas nas quais o nome dela foi envolvido. A atriz Luma Costa, 32 postou no Instagram a homenagem à amiga e pediu para seus seguidores compartilharem. "Venceu na vida, amiga. Funkão. Quem conhece sabe o quanto ela ama funk. Viralizem já", escreveu a artista.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem