Celebridades

Anitta critica 'egocentrismo' de Bolsonaro, e Andressa Urach rebate: 'Vai rebolar'

Clima quente agitou a internet

Andressa Urach em foto publicada nas redes sociais
Andressa Urach em foto publicada nas redes sociais - Instagram/@andressaurach
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Um clima tenso se instaurou entre a cantora Anitta, 28, e a modelo Andressa Urach, 33. Tudo começou quando a artista criticou algumas posturas do presidente Jair Bolsonaro, e Urach rebateu: “Vai rebolar o bumbum”.

Pelo Twitter, Anitta fez uma série de críticas a respeito da imagem do Brasil no exterior. Ela opinou que o governante “vive numa bolha de egocentrismo que não deixa ele descer do salto da opinião de b**** dele”.

Segundo ela, o presidente “pensa pequeno” e isso acarreta em perda de investimentos em empresas brasileiras. “Vamos empobrecendo, perdendo empregos, aumentando os preços de tudo”, escreveu.

Por meio do Instagram, Urach, eleitora de Bolsonaro, disparou contra Anitta. “Vamos dar um biscoito para a Anitta que precisa falar mal do presidente para voltar para a mídia. Não sabe nem o que é voto auditável. Vai rebolar o bumbum que disso você entende. Para que está feio”, publicou.

Anitta não chegou a responder Andressa. Porém, os nomes de ambas foi parar entre os assuntos mais comentados no Twitter.

O caso acontece em meio a uma gravidez de Urach. Na última semana, Thiago Lopes, 36, marido da modelo, revelou a novidade. “Com muita alegria informo que serei papai. [...] Meu filho(a) foi muito desejado(a) por mim e pela Andressa. Estou ansioso para carregar o meu filho(a) no colo”, disse ele.

O casal oficializou os votos de compromisso no fim de dezembro de 2020, em uma pousada de luxo na região da Serra do Faxinal, em Santa Catarina. Com uma cerimônia reservada, para amigos e familiares, Urach compartilhou os bastidores nas redes sociais.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem