Celebridades

Britney Spears ganha o direito de falar em audiência de tutela

Autorização foi dada pelo juiz após pedido do advogado dela

Britney Spears durante evento em Nova York - Eduardo Munoz-28.ago.2016/Reuters
Jill Serjeant
Los Angeles
Reuters

Britney Spears, 39, vai se dirigir pessoalmente a um tribunal em uma audiência sobre sua tutela em junho. A autorização foi dada pelo juiz nesta terça-feira (27).

A estrela do pop está sob tutela desde 2008. Contudo, ela raramente participa de audiências e não comenta publicamente sobre o processo.

"Minha cliente [Britney Spears] solicitou uma audiência na qual ela possa se dirigir diretamente ao tribunal", disse o advogado da cantora, Samuel Ingham, à corte. "Minha cliente solicita celeridade em seu pedido".

A audiência foi marcada para o dia 23 de junho para que Spears se pronuncie diante do juiz. Não se sabe quais assuntos a cantora planeja abordar.

O pai da cantora, Jamie Spears, foi apontado como tutor legal da filha em 2008. Isso ocorreu quando a estrela teve de ser hospitalizada para um tratamento psiquiátrico, após um colapso amplamente repercutido pela imprensa.

Spears deixou claro no ano passado, por meio de seu advogado, que não deseja mais que seu pai esteja envolvido em seus assuntos. Uma tentativa anterior de removê-lo fracassou em agosto de 2020 e uma audiência nesta terça-feira sobre um novo pedido para removê-lo foi adiada até julho sem discussão.

Um documentário televisivo lançado em fevereiro trouxe novas análises sobre o caso e ao movimento #FreeBritney, iniciado por seus fãs, que se reuniram do lado de fora do tribunal na terça-feira. Parte deles acredita que Spears está sendo mantida prisioneira e que estaria enviando sinais enigmáticos implorando por sua liberdade em seus perfis em redes sociais.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem