Celebridades
Descrição de chapéu Coronavírus

Ator de 'Cidade de Deus', Edson Montenegro morre vítima da Covid; famosos lamentam

Artista tinha 63 anos e estava internado desde 12 de março em SP

Edson Montenegro (ao centro) em cena da peça "Roque Santeiro"
Edson Montenegro (ao centro) em cena da peça "Roque Santeiro" - Lenise Pinheiro-16.jan.2017/Folhapress
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O ator Edson Montenegro, morreu, na noite deste sábado (20), aos 63 anos, em São Paulo, onde estava internado desde o dia 12 de março após contrair Covid. A informação foi confirmada pelo Hospital Paulistano e pelo agente do ator, Ivan Marques.

Conhecido por sua atuação no filme "Cidade de Deus" (2002), no qual interpretou Dito –pai do protagonista "Buscapé" (Alexandre Rodrigues)–, Montenegro estava internado no Hospital Paulista, na Bela Vista (região central), desde o dia 12 de março após sentir os primeiros sintomas da doença.

De acordo com Ivan Marques, o quadro do ator pirou e ele precisou ser entubado e levado para UTI (Unidade de Terapia Intensiva). "No dia 15, o quadro dele agravou-se, o comprometimento dos pulmões chegou a 55%, e foi preciso entuba-lo. Infelizmente, ele sofreu uma parada cardíaca e não resistiu."

"Fica aqui nosso pesar, nossa tristeza, e prece para que faça uma passagem tranquila e de luz. Edson estava no auge de sua carreira artista. Estávamos fechados com duas series, uma delas internacional, e ainda em negociações com um longa e uma novela", disse Marques.

"Era um cara amigo, atencioso, educadíssimo, um gentleman, e um dos grandes artistas desse país. Estava muito feliz nesses últimos meses com todos os convites profissionais que vinha recebendo. Siga em paz amigo, a saudade já está enorme", acrescentou.

O agente do ator afirmou que ainda não sabe quando e onde será o velório e enterro de Edson Montenegro. Nas redes sociais, a filha do ator, Juliana Tavares, se despediu do pai. "Meu pai descansou. Em nome de toda família, obrigada por toda corrente do bem em oração e toda energia positiva que emanaram."

Na sexta passada (19), o filho do ator, Leonardo Tavares, disse à colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, que o pai estava com duas semanas de contaminação antes de ser internado. "Isso foi comprometendo bastante o pulmão dele. Mas eles [os médicos] explicaram que isso é apenas um número. Chega gente com 15% do pulmão comprometido e acaba não resistindo. Eles também passaram que tiveram que entubar porque ele é muito ansioso, e isso estava prejudicando o efeito dos remédios."

Formado em artes cênicas pela Escola de Arte Dramática, da USP, (Universidade de São Paulo), Edson Montenegro participou de várias novelas, séries, peças teatrais e cinema. Na década de 1990, ele atuou no teatro em "Hair" (2003), "Histórias de Nova Iorque" (1994), "Gilgamesh" (1995), "Não Escrevi Isto" (1999).

Na televisão, ele participou da minissérie "Dona Flor e Seus Dois Maridos" (Globo, 1997) e das novelas "Antonio Alves Taxista" (SBT, 1996), "Xica da Silva" (extinta Manchete, 1996-1997), além dos seriados "Sandy e Junior (Globo, 1999-2002) e de uma participação em Você Decide, em 1997.

Nos anos 2000, Montenegro atuou em novelas da Record, como Apocalipse (2019), Metamorphoses (2004), "Marcas da Paixão" (2000), e no SBT atuou em "Cúmplice de um Resgate' (2015-2016). No cinema, a mais recente produção foi o personagem Jacob, no filme de "Coração de Leão - O Amor Não Tem Tamanho", com direção de Alexandre Machado, uma versão brasileira da trama argentina.

Já no teatro, a lista é vasta e incluir peças, como "Aparecida, um Musical" (2019), "Roque Santeiro" (2017), "A Senhora de Dubuque" (2007), "Asfaltaram a Terra" (2006), "A Importância de Ser Fiel" (2005), "Otelo" (2004) e "O Evangelho Segundo Jesus Cristo".

Em nota, o SBT lamentou a morte do ator Edson Montenegro. "Na emissora, Edson atuou nas novelas 'Os Ricos também Choram', em 2005, como Aldeny; e em 2016, como padre Lutero, em 'Cúmplices de um Resgate'. O ator, de 63 anos, estava internado em São Paulo e morreu em decorrência de complicações da Covid-19. O SBT presta solidariedade aos amigos e deseja que Deus conforte sua família."

A morte de Edson Montenegro também causou comoção na classe artística. "Acabo de saber dessa notícia muito triste. A partida de mais um irmão amigo e companheiro de trabalho Edson Montenegro. Perdemos nosso amado Rossi e hoje mais essa tristeza. Que o bom Deus tenha piedade de todos e leve aos céus nos caminhos de luz nossos irmãos amigos e parentes vítimas dessa tragédia", disse o ator Luis Miranda, em seu perfil no Instagram.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem