Celebridades

Criador do ratinho Topo Gigio morre de Covid-19 aos 96 anos

Guido Stagnaro é considerado pai do fantoche

O boneco do ratinho Topo Gigio - Patrícia Santos/Folhapress
São Paulo

O escritor italiano Guido Stagnaro, considerado o pai do personagem Topo Gigio, morreu aos 96 anos em decorrência da Covid-19.

A morte aconteceu em Milão, na Itália. Stagnaro foi considerado um dos pioneiros da televisão na Itália e escreveu e dirigiu diversas atrações infantis na emissora Rai e em canais privados.

O ratinho Topo Gigio, de orelhas e bochechas grandes, foi a criação mais famosa dele. O sucesso do personagem na TV se deu depois de ele entregar os direitos do personagem a um fabricante de fantoches e a uma produtora e roteirista da Rai.

Topo Gigio sempre foi presença constante na TV italiana desde o final da década de 1950. No Brasil, ele chegou em 1969 na TV Globo. À época, ele contracenava com o humorista Agildo Ribeiro (1932-2018).
Regina Duarte também contracenou com o fantoche em 1970.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem