Celebridades

Corrida presidencial de Kanye West foi 'a gota d'água' para Kim Kardashian

Rapper afirma que família da socialite queria interná-lo em clínica psiquiátrica

Kim Kardashian e Kanye West
Kim Kardashian e Kanye West - Jean-Baptiste Lacroix/AFP
São Paulo

Após revelar que o casal Kanye West, 43, e Kim Kardashian, 40, estão preparando os papéis para o divórcio, o site americano Page Six afirma que a socialite fazia de tudo para salvar o casamento conturbado. A gota d'água para ela foi a candidatura de West à presidência dos Estados Unidos.

O rapper levou a sério a tentativa de chegar à Casa Branca. Ele investiu cerca de 9 milhões de libras (R$ 66 milhões) em sua campanha eleitoral. O valor exorbitante, no entanto, não rendeu o resultado esperado, já que ele teve apenas 60 mil votos, e Joe Biden foi declarado vencedor.

Após esse episódio, Kardashian percebeu que ela "precisava terminar o casamento por causa de seus filhos e de sua própria sanidade", segundo uma fonte que conversou com o site.

No ano passado, West começou a dar declarações polêmicas durante a sua campanha. Primeiro, ele alegou que Harriet Tubman, abolicionista ex-escravizada, "nunca realmente libertou os escravos". Depois disso, chamou Kris Jenner de “Kris Jong-Un” no Twitter e afirmou que a família da milher estava tentando forçá-lo a um tratamento psiquiátrico.

O fato de Kardashian nunca ter falado publicamente sobre a candidatura de West foi um sinal de que ela nunca aprovou, de fato, a ideia do marido, segundo o site. “Kim apoiou muito Kanye durante sua luta com sua saúde mental. Mas ela sabe que tem que fazer a coisa certa pelos filhos ”.

Kardashian, 40, contratou a advogada de divórcio Laura Wasser, que a está ajudando a negociar um acordo confidencial antes de um pedido de divórcio. Ela e West, 43, têm um acordo pré-nupcial, mas ainda não chegaram à fase de acerto das finanças ou da custódia dos quatro filhos.

Wasser já representou Angelina Jolie, Britney Spears e Johnny Depp em processos de separação. A advogada cuidou também do divórcio de Kardashian do jogador de basquete Kris Humphries, com que foi casada de 2011 a 2013.

Os rumores sobre o fim do relacionamento entre a empresária e o rapper aumentaram nas últimas semanas na mídia americana, após ela ser vista sem a aliança de casamento. Além disso, Kanye West permaneceu em seu rancho em Wyoming durante as festas de fim de ano.

Ainda segundo o tabloide, Kim Kardashian quer se tornar advogada e seguir com a sua campanha para reformar o sistema penitenciário norte-americano. "Enquanto isso, Kanye está falando sobre concorrer à Presidência e dizer outras coisas malucas, e ela está farta disso", completou a fonte.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem