Celebridades

Princesa francesa morre aos 54 anos após acidente de moto

Socialite Hermine de Clermont-Tonnerre permaneceu em coma por um mês antes de morrer

Hermine de Clermont-Tonnerre no jantar "Pot-au-feu des celebrites" em Paris - Kenzo Tribouillard/AFP
São Paulo

A princesa francesa Hermine de Clermont-Tonnerre morreu aos 54 anos após ficar gravemente ferida em um acidente de moto. A morte ocorreu no dia 3 de julho, um mês após o acidente, e foi confirmada pela família da princesa na última sexta-feira (10) através de um comunicado publicado no site da revisa francesa Point de Vue.

"Hermine de Clermont-Tonnerre, nascida em 1966, acaba de nos deixar após um mês de coma no hospital Kremlin Bicetre, depois de um trágico acidente de moto. Ela morreu cercada por toda a família", diz a família no comunicado.

A princesa, nascida na França, era filha do duque Charles Henri de Clermont-Tonnerre e Anne Moranville, e conhecida por ser uma motociclista ávida, segundo o jornal. Ela começou sua carreira como estilista na Dior, antes de trabalhar na Point De Vue como jornalista nos anos 1990.

Hermine de Clermont-Tonnerre, que foi casada até 2009 com o empresário francês Alastair Cuddeford, deixa dois filhos, Allegra e Calixte. "Toda a família e amigos manterão de Hermine a memória de uma grande dama, com um grande coração, que sempre teve tempo para os outros", afirma o comunicado na revista. "Ela permanecerá como referência do final do século XX de uma arte de viver".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem