Celebridades

Antonia Fontenelle diz que não deletou vídeo com Felipe Neto e afirma: 'O que é dele está guardado'

Em entrevista exclusiva do F5, apresentadora diz que youtuber 'quer aparecer em cima dela'

A apresentadora e atriz Antonia Fontenelle
A apresentadora e atriz Antonia Fontenelle - Divulgação
Vitor Moreno
São Paulo

Antonia Fontenelle, 47, afirma que o desaparecimento do vídeo que está gerando uma disputa judicial entre ela e os irmãos Felipe Neto, 32, e Luccas Neto, 28, foi alheio à sua vontade. Em entrevista exclusiva para o F5, a atriz e apresentadora diz que o caso está gerando um interesse inesperado, mas que ela não pretende recuar.

"Isso está tomando uma proporção muito maior pelo fato de o Felipe Neto querer aparecer em cima de mim", afirma. "Eles entraram com um pedido de urgência na Justiça dizendo que eu tinha ligado a imagem deles à pedofilia e a juíza entendeu que isso era prejudicial à imagem deles, mas hoje a mesma já sabe que não fui eu que criei o vídeo."

"Isso aqui não é uma briguinha de youtuber para youtuber, não", avalia Fontenelle. "Todo mundo que estiver do lado desses meninos vai ter uma surpresa desagradável em breve."

O vídeo em questão mostra uma edição de imagens retiradas da internet na qual Luccas aparece supostamente simulando sexo oral em uma garrafa, enquanto Felipe brinca sobre lançar um "plug anal" com seu rosto. Outros youtubers como PC Siqueira e Rafinha Bastos também aparecem. Na legenda, ela escreveu: "Podemos chamar esse vídeo de incitação à pedofilia a olhos nus?".

Felipe e Luccas entraram com uma ação por danos morais no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Eles pedem R$ 100 mil de indenização para cada um, uma retratação pública de Fontenelle e o pagamento dos honorários advocatícios, além, é claro, da exclusão do vídeo.

Nesta segunda-feira (29), veio à tona que os irmãos também entraram com uma queixa crime na Vara Criminal da Comarca da Capital do Rio de Janeiro, pedindo o indiciamento dela por crimes contra honra. Sobre esse novo desdobramento, Fontenelle declara: "Ele pode entrar com quantas queixas crime ele quiser, que o que é dele está guardado".

Fontenelle afirma que a publicação desapareceu, contra a sua vontade, de sua conta no Instagram na madrugada de sábado para domingo. Consultado pelo F5, o Instagram diz que está investigando o caso.

"Eu não apaguei, a robozada deve ter trabalhado loucamente na madrugada para apagar o vídeo", explicou ela a seus seguidores. "Não tem problema porque o vídeo está na internet. E eu não digo isso para afrontar o judiciário, eu digo isso porque a forma como foi pedido para retirar o vídeo não foi correta e meus advogados estavam revendo isso, mas também para dizer que eu posso a qualquer momento postar coisa pior."

A apresentadora do canal "Na Lata" no YouTube diz estar recebendo apoio de muitos pais que também não gostam dos conteúdos apresentados pelos irmãos, que são muito consumidos pelo público infanto-juvenil. "Eu sou a pessoa mais transgressora que você conhece, mas eu sei discernir as coisas", conta. "Eu sou pelo certo e o que o Felipe e o irmão dele vêm fazendo para ganhar dinheiro das pessoas eu não concordo."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem