Celebridades

Anitta diz que estar na lista de mulheres mais poderosas do Brasil é 'um respiro de alívio'

Cantora está no ranking da revista Forbes Brasil

Anitta no lançamento da campanha da sua linha de desodorantes em São Paulo
Anitta no lançamento da campanha da sua linha de desodorantes em São Paulo - Thiago Duran-18.fev.2020/AgNews
São Paulo

Anitta, 26, é uma das personalidades femininas contempladas na nova lista da revista Forbes Brasil que classifica as 20 mulheres mais poderosas do país em homenagem ao Dia Internacional da Mulher comemorado neste domingo (8).

Ao lado de nomes como Cristina Junqueira (cofundadora do Nubank), a chef Paola Carosella, a influenciadora digital Camila Coutinho, Anitta comentou sobre a conquista em suas redes sociais e refletiu sobre sua conturbada trajetória pessoal e profissional.

"Ser mulher. Antes de tudo começar eu não pensava que as coisas realmente mudassem de figura e se tornassem muito mais desafiadoras quando você é mulher. Ser mulher e jovem. É ainda mais difícil se impor, comandar e quebrar barreiras quando te subestimam por ainda ser jovem demais", escreveu a dona do hit "Vai Malandra".

 

A carioca que cresceu no bairro de Honório Gurgel, zona norte do Rio, também citou o fato de ser "abertamente livre sexualmente" como um dos empecilhos em sua trajetória. "Aí o tempo fecha de verdade. Mas, como não sou feita de açúcar, resisto. Obrigada Forbes Brasil pelo título. Ser considerada uma das mulheres mais poderosas do país, depois de tudo que passei, é um respiro de alívio e sensação de realização. Vamos seguir."

Conhecida nacionalmente após o sucesso de "Show das Poderosas", lançado em 2013, Anitta vem investindo em outras áreas além da carreira musical. "A gente está planejando dar uma diminuída no ritmo de trabalho. Todo esse trabalho que eu tenho tido de uns dois anos para cá é justamente para conseguir expandir o meu trabalho e o nome do meu ritmo musical para quebrar algumas barreiras. Então, durante esses anos, o trabalho foi focado em fazer isso", disse a cantora ao F5, que pretende se aposentar aos 30 anos.

Com parcerias firmadas com a Cervejaria Ambev –que assumiu o posto de líder de criatividade e inovação do produto Skol Beats–, Doritos, Claro, Samsung, Rexona, e outras, Anitta procura investir cada vez mais na carreira de empresária.

Mesmo nos detalhes, Anitta mostra que sabe empreender. No Carnaval deste ano a cantora chamou atenção ao usar looks com cortes ousados na parte traseira. Foram muitos os elogios, mas também algumas críticas à cantora. “Só usa a bunda assim agora, Jesus?”, questionou uma internauta nas redes sociais.

A cantora não poupou na resposta e mostrou sua visão empreendedora. “Isso se trata de estratégia de continuidade. É uma das táticas para transformar seu produto em algo além do que a oferta principal, no meu caso a música. Assim você pulveriza sua marca de uma maneira natural e indireta, não ficando dependente 100% do desempenho do seu produto principal.” ​

Consolidada na carreira musical, com parceiras desde Madonna a Caetano Veloso, Anitta já disse que sente contemplada como artista. "Não quero ser cantora para o resto da vida", afirmou em entrevista para a GQ. A cantora contou que há dois anos estava "desanimada com a luta para fazer história" e escreveu uma lista do que a tornaria 100% realizada no trabalho. "Hoje, olho para esse papel e vejo que cumpri três vezes mais."​

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem