Astrologia
Descrição de chapéu Personare

Lua no mapa astral indica percepção sobre figura materna; saiba mais

Na astrologia, a maternidade é representada pela posição da Lua

Posição da Lua no Mapa Astral indica qual percepção você tem sobre a figura materna - Personare
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Clarissa de Franco
personare

Na astrologia, a maternidade no mapa astral é representada pela posição da Lua. Isso significa que a Lua representa: como enxergamos quem é a nossa mãe, como entendemos a maternidade (mesmo sem filhos) e nos orienta sobre as expectativas, sentimentos e ideias que projetamos na imagem de mãe.

Se você souber o signo da Lua no seu mapa astral pode conferir abaixo algumas características que vão ajudar na reflexão sobre sua relação com sua mãe. Como não é possível fornecer todas essas análises num único artigo, faremos uma descrição resumida no funcionamento da Lua nos signos.

A análise da maternidade no mapa astral vai além da Lua no signo. É preciso também entender os aspectos que esse astro fazia quando você nasceu, a casa em que a lua estava no seu mapa e, claro, o signo que estava na cúspide da quarta casa. Para descobrir tudo isso, faça seu mini mapa astral aqui.

LUA EM ÁRIES

  • Mãe interna: agitada e exigente.
  • Como pode sentir a mãe: ela está sempre cheia de atividades e que tem muita iniciativa e opinião, às vezes dominando as discussões de modo meio bruto.
  • Filhos com Lua em áries: podem achar que a mãe nunca tem tempo para a casa e a família, pois está sempre correndo e fazendo coisas “mais importantes”, sentindo certa dose de admiração pelas realizações da mãe, mas também uma pitadinha de raiva.

LUA EM TOURO

  • Mãe interna: protetora e possessiva.
  • Como pode sentir a mãe: aquela supermãe, que faz bolo e leva onde você estiver, que ajuda em sua vida financeira, que estimula a produção de artesanatos manuais e está sempre pronta a defender a cria.
  • Filhos com Lua em áries: costumam sentir superproteção nas questões materiais e práticas, mas também pode se sentir invadido por uma mãe muito presente, que opina e participa de todas as escolhas e etapas da vida do filho. Aproveitando o lado bom, eis uma forte mãe interna, com quem sempre se pode contar.

LUA EM GÊMEOS

  • Mãe interna: dinâmica e inteligente. Estimula o crescimento e apoia mudanças.
  • Como pode sentir a mãe: aquela supermãe, que faz bolo e leva onde você estiver, que ajuda em sua vida financeira, que estimula a produção de artesanatos manuais e está sempre pronta a defender a cria.
  • Filhos com Lua em áries: distante emocionalmente, uma vez que podem conversar sobre fatos, notícias, tempo, sobre a crise mundial, mas fica difícil conversar sobre seu sentimento de rejeição, por exemplo.

LUA EM CÂNCER

  • Mãe interna: cuidadosa, protetora e carinhosa.
  • Como pode sentir a mãe: alguém que ama e protege, embora não exatamente do modo como se espera.
  • Filhos com Lua em áries: esperam muito de sua própria mãe, e por tal motivo, geralmente podem se decepcionar com as reações emocionalmente exageradas dela. Podem ter a sensação de que estão sempre sendo invadidos pela mãe, que sabe o que está se passando conosco, mesmo quando não queremos.

LUA EM LEÃO

  • Mãe interna: poderosa e confiante.
  • Como pode sentir a mãe: alguém que ajuda a se projetar com força no setor profissional e social. Pode sentir que está sempre competindo por espaço com a mãe, como se precisasse o tempo todo provar seu valor em inteligência, beleza, poder.
  • Filhos com Lua em áries: de emoção geralmente mimada, pode reagir mal quando algo lhe falta. A dica é desenvolver a generosidade, facilitando uma boa resposta do outro lado.

LUA EM VIRGEM

  • Mãe interna: estimula os estudos e os aprendizados práticos da casa e da vida
  • Como pode sentir a mãe: como alguém que está sempre atarefada com a casa, tendo uma preocupação excessiva e quase incansável com limpeza e arrumação. Isso impulsiona a pessoa a corresponder a esses padrões exigentes, podendo gerar estresse.
  • Filhos com Lua em áries: podem valorizar a discrição do papel da mulher, por isso, a pessoa pode sentir que precisa ser humilde e discreta para ganhar a admiração da mãe.

LUA EM LIBRA

  • Mãe interna: elegante e aparentemente cordial, que se esforça para agradar e receber bem a todos.
  • Como pode sentir a mãe: como alguém que estimula o refinamento, a busca por explorar a sensibilidade, as artes, por ouvir boa música.
  • Filhos com Lua em áries: podem idealizar muito a mãe, o que dificulta lidar com as próprias imperfeições. Isso quer dizer que para corresponder a uma mãe assim é preciso esforço redobrado em ser boa pessoa, o que certamente pode cansar.

LUA EM ESCORPIÃO

  • Mãe interna: dominadora, inteligente, intuitiva, manipuladora e possessiva.
  • Como pode sentir a mãe: como alguém que doa, mas exige; cuida, mas cobra; e está sempre em um dos extremos emocionais de grande amor ou de grande cobrança.
  • Filhos com Lua em áries: podem sentir que é difícil esconder algo da mãe, que está sempre ali, farejando o que fazemos de errado. O estímulo à competitividade nas relações também ocorre. O lado bom é o estímulo à coragem de seguir em frente sem lamentações, renovando as forças.

LUA EM SAGITÁRIO

  • Mãe interna: moderna e otimista
  • Como pode sentir a mãe: como alguém que gosta de ar livre, de liberdade, de boas conversas e boas músicas.
  • Filhos com Lua em áries: tendo uma figura expansiva e generosa de mãe, pode sentir que lhe faltam limites, expondo-se a situações de perigo com mais frequência que a maior parte das pessoas. As emoções são geralmente enfatizadas pela mãe, por isso a pessoa pode se tornar bastante alegre, um pouco ingênua e instável.

LUA EM CAPRICÓRNIO

  • Mãe interna: tradicional, que estimula o crescimento de acordo com o que “deve ser feito”, ou seja, estudar, construir uma carreira, casar, agir corretamente, manter-se financeiramente.
  • Como pode sentir a mãe: cobradas por corresponder a grandes expectativas, tendo medo de rejeição e muitas vezes se sentindo solitárias e abandonadas, como se precisassem cuidar de suas próprias mães.
  • Filhos com Lua em áries: podem sentir falta de espontaneidade e ter postura um pouco racional, na medida em que se preocupa muito com o cumprimento do protocolo e com parecer sempre adequado. Em geral, saem de casa cedo para não dar e não ter trabalho.

LUA EM AQUÁRIO

  • Mãe interna: inovadora, sociável, tem mente aberta, instigando sempre mudanças e novidades, detestando quem fica parado no tempo. Não obstante, essa mãe é também intelectualmente interessante, incentivando a liberdade dos filhos.
  • Como pode sentir a mãe: como alguém que estimula a criatividade, os estudos e as boas conversas, mas é também uma pessoa de quem não se sabe o que esperar.
  • Filhos com Lua em áries: geralmente se tornam amigos de suas mães e admiram sua capacidade de estar à frente de seu tempo.

LUA EM PEIXES

  • Mãe interna: idealizada, sensível, profunda e mística e, embora seja carinhosa, precisa ser cuidada pelo filho, como um reconhecimento por tudo o que ela fez.
  • Como pode sentir a mãe: como alguém que foi uma sofredora, que aguentou muito da vida, atribuindo à mesma uma qualidade de heroísmo.
  • Filhos com Lua em áries: costumam desenvolver um sentimento muito amoroso e cuidadoso pelas outras pessoas, especialmente pelos que sofrem. Sonhadores, podem viver paixões divididas entre um amor possível e um amor idealizado.
Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem