Você viu?

Multidão participa de guerra de tomates criada há mais de 70 anos em cidade da Espanha

Prédios chegaram a ser protegidos com lonas para evitar sujeira

Populares participam do festival "La Tomatina" em Buñol
Populares participam do festival "La Tomatina" em Buñol - Heino Kalis/ Reuters
Guillermo Martinez Juan Medina
Buñol (Espanha)

Milhares de pessoas atiraram toneladas de tomates umas nas outras nesta quarta-feira (28), farreando na massa vermelha na cidade espanhola de Buñol. 

Os organizadores do festival anual La Tomatina usaram seis caminhões para lançar 145 toneladas de tomates mais que maduros à plateia, logo convertendo a cidade em um mar rosa e vermelho.

Alguns participantes usavam óculos de mergulho para proteger os olhos, e alguns edifícios foram cobertos de lona para preservar as paredes, enquanto outros ficaram manchados com a massa, uma cena digna de uma pintura de arte moderna.

Acredita-se que La Tomatina surgiu de uma briga espontânea entre moradores do vilarejo em 1945. 

Ela foi proibida durante algum tempo na década de 1950, o auge da ditadura do general Francisco Franco, mas sobreviveu e ganhou popularidade em toda a Espanha nos anos 1980. Hoje ela atrai grandes multidões de visitantes, tanto espanhóis quanto estrangeiros.

A prefeitura distribuiu mais de 20 mil ingressos para o festival deste ano.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem