Você viu?

Romancista de 'Como Matar Seu Marido' é a principal suspeita de ter assassinado o marido

Nancy Crampton Brophy foi detida dia 5 de setembro no Oregon

Nancy Crampton-Brophy
Nancy Crampton-Brophy - Reprodução The Washington Post
 

São Paulo

Nancy Crampton Brophy, 68, foi presa no dia 5 de setembro sob suspeita de ter assassinado seu marido, Daniel Brophy, 63, com uma arma que pertencia ao cônjuge, e que teria sido usada ilegalmente por Nancy.

Segundo o jornal The Washington Post, Nancy é romancista do Oregon, nos Estados Unidos, e autora de livros sobre relacionamentos errados, mas que não aparentavam ter problemas. Em "O Marido Errado", Nancy escreveu sobre uma mulher que tentava fugir de um marido abusador simulando a própria morte.

Já no ensaio do livro "Como Matar Seu Marido", a escritora explicava maneiras para se safar e sair ilesa de qualquer acusação para quem cometesse esse tipo de crime. Nancy também escreveu sobre cinco motivações principais para matar o marido e quais armas seriam escolhidas caso um de seus personagens fizesse esse delito. 

De acordo com a polícia, Nancy adotou algumas de suas estratégias e, em vez de contratar um assassino, ela mesma matou o marido. A polícia não disse qual foi o motivo alegado. 

"É um grande choque, um grande choque", disse Karen Brophy, mãe de Daniel Brophy sobre a prisão da nora Nancy. "Mas não faremos nenhuma declaração a respeito."

Na quinta-feira, os promotores e o advogado de defesa de Nancy pediram ao juiz para que pudessem ouvir as acusações contra ela. Ainda segundo The Washington Post, a polícia se recusou a responder aos questionamentos do jornal a respeito do motivo alegado por Nancy para o crime. 

O casal estava junto havia 27 anos e tinha "mais momentos bons do que ruins", como escreveu Nancy. Ela escrevia sobre seu casamento com frequência. No ensaio de "Como Matar seu Marido", Nancy escreveu que "não queria preocupar-se com sangue" ou com "pedaços de cérebros respingados nas paredes." 

Ao mencionar o próprio casamento, Nancy usava um humor obscuro, mas que parecia divertir seus leitores. Em 2011, ela chegou a fazer uma postagem no blog See Jane Publish afirmando que ambos estariam em seu segundo casamento e não terminariam em divórcio. "Mas não deveria ser descartado um trágico tiroteio" ou um "acidente suspeito."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem