Viva Bem
Descrição de chapéu Personare astrologia

Saiba como terapia com cristais pode ajudar no autoconhecimento

Uso de pedras e cristais energéticos ajudam em momentos de crise

Saiba mais sobre o uso de pedras e cristais energéticos
Saiba mais sobre o uso de pedras e cristais energéticos - Personare
Simone Kobayashi
São Paulo
personare

As pedras e cristais funcionam como amplificadores de energia: a força consiste na capacidade de ampliar e direcionar as nossas próprias potências. Por isso, o mais importante na terapia com cristais é sintonizar nossas vibrações com as dessas pedras, melhorando e aprimorando as nossas energias.

Com um trabalho contínuo, trazemos para nosso benefício a prática de vibrar em ressonância as características frequenciais das pedras e cristais que estamos necessitando.

Assim que tomamos conhecimento dos nossos processos internos, participamos mais conscientes e ativamente deles, alcançando mais equilíbrio, harmonia e realização interior. Neste artigo, você saberá mais sobre o uso de cristais para o dia a dia e seus benefícios.

TERAPIA COM CRISTAIS: BENEFÍCIOS

Ao trabalhar os desequilíbrios e compreender a razão que nos levou a eles, podemos ficar mais alertas e conscientes quando esses processos se apresentarem novamente e, assim, escolher diferente e romper o padrão que os desencadeia.

Além de ajudar em situações cotidianas, a terapia com cristais e pedras é energética e focada em você, na harmonia e no equilíbrio. A diversidade de conflitos, desequilíbrios e situações problemáticas no nosso dia a dia é imensa.

Às vezes, a ajuda externa é o apoio que precisamos para transformar este momento de crise em aprendizado e evolução. Essa é a ajuda que a terapia holística objetiva nos proporciona com a combinação de técnicas com as pedras e cristais energéticos. Um caminho de equilíbrio entre nossa verdade interna, nossa essência, personalidade e cotidiano.

Essa terapia tem como meta a consciência do que é importante para nossa essência, a relação com o “Eu Superior”, a satisfação da alma, o que está ao nosso alcance e o que podemos fazer de melhor, além de nos ajudar a lidar com os conflitos ao redor, por exemplo, da própria família e no trabalho.

Também nos auxilia a eliminar e lidar com mágoas e raiva, amenizar momentos de insegurança, oferecer uma dose extra de amor-próprio e autoconfiança, trazer mais tranquilidade mental e clareza de visão.

TERAPIAS ALTERNATIVAS COM CRISTAIS

Diversas técnicas de terapias alternativas com cristais são feitas a partir da junção de conhecimentos das pedras com práticas que ajudam a trabalhar questões profundas, delicadas e difíceis, como o reiki (reikristal), a puntura (cristalopuntura), a massoterapia e a harmonização energética (pedras e cristais nos Chakras).

Há também a terapia auricular com cristais, isto é, a junção da técnica de Reflexologia auricular com a cristalopuntura, a utilização da terapia com cristais na orelha. Cada uma dessas técnicas é especial e extremamente efetiva.

A escolha da “melhor técnica", para aquela pessoa específica e no momento de vida dela, é feita por uma análise de um profissional, para identificar os desequilíbrios energéticos que estão atuando no momento e em quais campos (energético, emocional, mental e físico).

Depois disso, é decidida qual técnica é a mais eficaz em determinada pessoa. Ou seja, há uma melhor técnica para uma pessoa em um determinado momento, mas não há uma técnica melhor que a outra.

TERAPIA COM CRISTAIS PARA O DIA A DIA

As pedras e os cristais podem ser usados de várias formas no dia a dia. O uso depende da pessoa, mas a maneira mais fácil e efetiva de trabalhar com essa terapia é colocando as pedras e cristais nos Chakras.

Em ocasiões específicas, você também pode levar a pedra dentro do bolso ou bolsa, segurá-la quando sentir mais necessidade, tê-la próxima de onde você passa mais tempo (escritório, cabeceira da cama, etc.) ou usar algum acessório com a pedra.

Sendo assim, escolha a forma de utilização que você realmente colocará em prática e que mais lhe ajudará a conectar com a energia e a intenção necessárias.

LIMPEZA

No quesito limpeza, sempre é bom usar o bom senso. Se você achou, ganhou ou comprou uma pedra ou cristal, a primeira coisa a fazer é limpá-la! Quando achamos esses presentes na natureza, certamente existem materiais grudados neles. Ao comprar ou ganhar uma pedra ou cristal, imagine por quantas mãos e lugares ela passou nos últimos milênios.

A "limpeza tradicional" de qualquer pedra sempre foi feita de forma bem simples pelas mais diversas culturas e povos. Ou seja, basta deixar as pedras expostas ao sol por algumas horas, seja para uma utilização pessoal ou profissional.

Para retirar a terra ou materiais grudados na pedra, use um pano de algodão ou escova de cerdas macias. A limpeza com água é recomendada para pedras e cristais com densidade maior, ou seja, os que não se dissolvem facilmente. Se este for o caso, utilize água corrente —quanto mais natural melhor. Depois disso, faça a energização que mais se afina com sua pedra e você.

ENERGIZAÇÃO

A energização das pedras e cristais pode ser feita pela luz do sol ou da lua, pelo fogo, terra, tempestade, chuva, cachoeira ou mar. A melhor forma de energização dependerá do tipo de energia mais propícia às pedras e/ou ao trabalho que será desenvolvido com elas.

Por exemplo: para lidar com a apatia, seria adequado colocar a pedra a ser utilizada próxima ao fogo, ou, até mesmo, dependendo da pedra, queimá-la por alguns segundos. Se isso não for possível, deixe a pedra absorvendo a luz do sol por algumas horas.

Se a busca é por uma maior receptividade, o adequado é utilizar a luz da lua, um símbolo do feminino/receptivo. Se a procura é por ancoramento e segurança, nada melhor do que deixar a pedra em contato com a terra.

Usando dessas associações, com o conhecimento das pedras, o trabalho terapêutico com pedras e cristais torna-se mais eficiente e adequado às necessidades do momento. A visão holística e as relações entre os padrões energéticos com os emocionais e também cotidianos é algo a se buscar em um curso de terapia com cristais

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem