Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Viva Bem
Descrição de chapéu Personare alimentação

Confira dicas de alimentos para turbinar a mente

Qualidade das bactérias do intestino afeta humor, libido e raciocínio

A saúde do cérebro começa no intestino
A saúde do cérebro começa no intestino - Personare
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Gunatiita
personare

Durante as refeições, vale a pena se perguntar se o que você está comendo vai te proporcionar um dia com vitalidade, alegria e com poder de foco. Pare um pouco e pense: “Estou consumindo alimentos que fazem bem para a mente?”.

O microbioma ou flora intestinal já é considerado como um órgão do corpo e até como um segundo cérebro. Os cientistas continuam comprovando que a qualidade das bactérias do nosso intestino afeta o humor, a libido, o metabolismo, a imunidade e até nosso raciocínio.

Elas ajudam a definir se estamos gordos ou magros, cheios de energia ou desanimados, se dormimos bem ou temos insônia. Saber que 90% da serotonina, “o hormônio da felicidade”, é fabricada no intestino é fundamental para escolher os alimentos que fazem bem para a mente e que provoquem o nosso bem-estar.

No intestino existem as bactérias chamadas “do bem” e as “do mal”. Quando mantemos a diversidade e o equilíbrio das bactérias do bem, asseguramos nossa saúde física e mental.

ALIMENTOS QUE FAZEM BEM PARA A MENTE TRANSFORMAM VIDAS

Nutrir um microbioma saudável com certos alimentos é mais fácil do que se imagina, e parece que o ioga já sabia isso há milhares de anos.

A concentração da mente e os pensamentos positivos são favorecidos quando a alimentação é baseada em plantas, fermentados, gorduras saudáveis e alimentos frescos. Por isso, a maioria dos praticantes de ioga e meditação adotam dietas vegetarianas ou veganas.

Seis dicas de super alimentos que fazem bem para a mente

  1. Alimentos fermentados com micróbios vivos como o Iogurte, kefir, e o kombucha são chamados de probióticos por serem fontes nutritivas que alimentam as bactérias do bem.

  2. Gorduras saudáveis com ômega 3 como o azeite de oliva, sementes de linhaça, girassol, gergelim e chia, abacate, nozes e castanhas, são fundamentais para a comunicação dos neurônios do cérebro e a diminuição dos processos inflamatórios.

  3. Adicione cúrcuma nas suas comidas, ela é conhecida por suas enormes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Ela é indicada nos casos de depressão e obesidade.

  4. Coma uma colher de óleo de coco todos os dias, ele é um super combustível para o cérebro.

  5. As frutas vermelhas como açaí, acerola, jabuticaba, mirtilo, amora e morango, tem um efeito protetor contra várias doenças como câncer e infarto, e contribuem para o bom funcionamento das células.

  6. O grão de bico (húmus) é uma excelente fonte de proteína, cálcio, fósforo e fibra, além de fácil digestão.

Estes alimentos são altamente recomendados para aqueles que buscam uma vida plena agora e um coração amoroso e pacífico.

ALIMENTOS QUE MATAM AS BACTÉRIAS DO BEM

Os alimentos processados industrialmente, o açúcar, o glúten, os antibióticos e o estresse são considerados os maiores inimigos de uma mente calma e saudável. Você não precisa eliminá-los totalmente da sua dieta, basta diminuir bastante seu consumo e procurar opções mais saudáveis.

Quando as bactérias do bem perdem em proporção para as do mal, os níveis de inflamação das células aumentam, bem como o risco de desenvolver doenças inflamatórias como depressão, diabetes e obesidade.

Namaskar!

Bibliografia: Dr. David Perlmutter, “Amigos da Mente”. Editora Paralela, 2015. | Hospital Oswaldo Cruz.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem