BBB16 [an error occurred while processing this directive]

'BBB 16' será lembrado como antes e depois de Ana Paula; confira um resumão do reality semana a semana

A 16ª edição do “Big Brother Brasil” foi uma das mais intensas da história do programa. Em poucas semanas, Ana Paula já havia conquistado o coração de boa parte da torcida, ao protagonizar diversas brigas e escandalizar a casa com o bordão “olha ela”.

A passagem da jornalista mineira, porém, não durou muito. Acabou desclassificada por dar dois tapas em Renan algumas semanas depois.

De acordo com o Ibope, o “BBB16”, perdeu audiência depois da saída dela. Caso você tenha sido um dos que abandonaram o programa ou caiu de para-quedas ao saber que a final será disputada nesta terça-feira (5), por Munik e Maria Claudia, confira um resumo de tudo o que aconteceu dentro do confinamento.

 

Semana 1

As polêmicas no “Big Brother Brasil 16” começaram antes mesmo de os 16 participantes entrarem na casa, já indicando o que estava para vir.

A primeira controvérsia aconteceu por causa de um boneco negro, cujo cabelo era usado como esponja. Foi considerada racismo por alguns telespectadores e por Ronan, assim que os “brothers” chegaram ao confinamento.

Trancados primeiramente no segundo andar da casa, Geralda e Matheus —que já havia trocado seus primeiros beijos com Maria Claudia— garantiram participação no jogo ao vencerem votações contra Fernanda e William, enquanto Harumi foi eliminada ao enfrentar no primeiro paredão Daniel, que chorou nos dias anteriores para ficar na casa.

"Boneco-esponja" do "BBB16"
"Boneco-esponja" utilizado como utensílio de cozinha no "BBB16" é considerado racista - Reprodução

Semana 2

Ronan se tornou o grande vilão do jogo, ao articular a formação do primeiro paredão. Daniel, que quase foi eliminado, passou a dizer que o estudante de filosofia seria seu alvo a partir daquele momento.

O plano do empresário carioca seguiu como previsto ao ganhar a liderança. Mas, para o seu azar, Ronan atendeu o Big Fone e garantiu imunidade.

Aí surgiu Ana Paula. Ela protagonizou uma série de brigas com Laércio, por não concordar com como ele olhava para as moradoras mais novas e por dormir de cueca, chamando-o de “velho nojento” e de pedófilo. Os dois foram emparedados, e parecia que Ana ia sair. Mas um perfil do designer em uma rede social, no qual ele curtia páginas de armas e supremacia branca, virou o jogo.

Ana Paula e Laércio protagonizam primeiro barraco do 'BBB16'
Ana Paula e Laércio protagonizam primeiro barraco do 'BBB16' - Reprodução/TV Globo

Semana 3

O sonho de Daniel de colocar Ronan e Ana Paula no paredão se realizou. O problema é que se tratava de uma votação falsa, por causa da desistência de Alan, e valia imunidade. 

O doutor em filosofia havia sido informado pela produção do programa de que o estado de saúdo do pai havia piorado e optou por desitir do reality.

Ao vencer a disputa com Ronan, Ana Paula achou que estava fora do jogo, mas foi levada ao segundo andar da casa. Emocionada, pôde assitir ao que se passava no confinamento e viu alguns moradores comemorarem sua saída. Prometeu tocar o terror na semana seguinte.

Mas não só de ódio viveu o "BBB16". Munik e Renan chegaram a formar o segundo casal do jogo, com o modelo cedendo às investidas da estudante goiana. Foi a única vez que ficaram. Depois, o paulista ainda trocou carinhos com Juliana, mas decidiu não se juntar a ninguém porque tinha alguém fora do jogo.

 

Semana 4

Ana Paula teve um retorno triunfal ao “BBB”. Com os demais participantes dormindo, entrou na casa gritando “olha ela”, frase que se tornou seu bordão. O plano de enfurecer os adversários começou com brigas com Juliana e Renan, o que começou a rachar a casa.

Munik venceu a prova da liderança, um quiz sobre novelas, e emparedou Daniel, protagonista das primeiras semanas. O empresário carioca deu adeus ao reality ao perder para Ronan, com quem discutiu no confinamento e disse que resolveria o problema com uma briga fora da casa.

Ronan e Daniel discutem na casa do 'BBB16'
Ronan e Daniel discutiram na casa do 'BBB16', com direito a chamar para briga fora da casa - Reprodução/Globo

Semana 5

A quinta semana no confinamento foi marcada por brigas entre Juliana e Ana Paula. “Vou com você e volto linda”, chegou a dizer a jornalista mineira sobre o paredão.

E as duas se enfrentaram na votação popular. Ana Paula foi indicada pelos líderes Tamiel e Renan, enquanto Juliana, pela casa. O voto de Matheus, até então neutro na disputa, foi fundamental para que a bailarina acabasse empareda.

Foi na quinta semana que um estudante descobriu uma brecha no sistema de apuração da Globo e passou a adiantar os resultados dos paredões on-line. A emissora acabou mudando, no meio do jogo, as regras da votação, que passou a ser regionalizada. Assim, o eliminado se tornou quem tivesse a maior rejeição em cada região brasileira além de entre aqueles que votam por SMS e telefone.

Apesar da alteração no regulamento, Juliana dançou.

 

Semana 6

A estrela da sexta semana foi Tamiel. Antes averso ao jogo e às combinações de voto, o ecologista ganhou a chance de articular o próximo paredão da disputa. Ele não só renovou a liderança ao lado de Renan mas também atendeu o Big Fone, ganhando o direito de emparedar um colega de confinamento.

O resultado foi um desastre. O ecologista apostou alto e queria formar um paredão entre Ana Paula e Ronan. De fato aconteceu. Ela foi indicada pelos líderes, enquanto o ecologista indicou o estudante de filosofia.

Só que se tratava de um paredão triplo, e o último na votação viria da indicação da casa. Tamiel foi o escolhido –e eliminado.

Tamiel é eliminado do "BBB16"
Tamiel é eliminado do "BBB16" após montar seu paredão dos sonhos (ou seria dos pesadelos) - Reprodução/Globo

Semana 7

Ao perceber a força de Ana Paula, o grupo de Tamiel, Renan e Adélia já havia ensaiado uma forma de provocar a jornalista mineira para que ela agredisse um deles e acabasse eliminada do reality.

O plano nunca foi posto em ação. Mas aconteceu uma situação parecida na sétima semana de confinamento.

Ana Paula já estava irritada por não se sentir bem de saúde e ainda brigou com a produção do programa por causa de uma festa com pouca bebida.

Na festa seguinte, a bebedeira foi generalizada. E Adélia jogou parte da cerveja no cabelo de Ana Paula, que foi tomar satisfações. Renan, com quem ela já havia brigado diversas vezes –inclusive por ter descoberto que o dente dele era falso– tentou separar as duas e acabou recebendo dois tapas como resposta.

Como agredir um participante é proibido no “BBB”, Ana Paula se tornou a primeira pessoa a ser desclassificada por esse motivo na história do reality brasileiro.

Apesar de ter eliminado Ana Paula indiretamente, a permanência de Adélia no programa não durou muito tempo. Foi para o paredão com Munik e Ronan e perdeu.

Ana Paula é desclassificada do "BBB16" após dar tapas em Renan
Ana Paula é desclassificada do "BBB16" após dar tapas em Renan - Reprodução/Globo

Semana 8

Com a saída de Ana Paula, o "BBB16" perdeu audiência e ganhou novos protagonistas. Um deles foi  Renan. Sem seus aliados, o modelo tentou se reaproximar de Munik. Eles conversaram, mas não foi o suficiente para que o modelo paulista evitasse ser emparedado pela goiana.

No dia da formação do paredão, ele ainda foi levado pela produção do “BBB” ao segundo andar da casa, da mesma forma como havia acontecido com Ana Paula. Lá, viu Matheus, que acreditava ser seu amigo no jogo, articular que Maria Claudia, sua affair, fosse emparedada no seu lugar.

Isso que o casal Catheus, como foi apelidado, já havia transado duas vezes dentro do jogo, sem usar camisinha. Eles também ensaiaram um término, mas voltaram a se beijar alguns dias depois.

De volta à casa, Renan foi eliminado em um paredão com Ronan e Geralda.

 

Semana 9

Para animar a casa do “BBB”, o ator Juliano Laham foi colocado no confinamento se passando po um participante do “Big Brother” do Líbano em uma missão especial.

Ele beijou Munik, conquistou Maria Claudia –que o considerou muito mais educado que Matheus– e despertou a fúria de Ronan, o único que descobriu se tratar de um ator.

No paredão, Cacau indicou Geralda, que eliminou Matheus.

Laham e Munik se beijam no "BBB16"
Laham e Munik se beijam no "BBB16" - Reprodução/Globo

Semana 10

Por causa da desclassificação de Ana Paula, a décima semana de jogo não teve um paredão. No lugar, a prova do líder teve quatro etapas. Munik, Ronan e Geralda ganharam as três primeiras.

Os três também precisaram fazer tarefas como confeccionar adereços para uma festa, passear com um cachorro invisível e levar alimentos de um lado para o outro no jardim.

Até uma cachorra de verdade, chamada de Ana, coincidentemente (ou não), apareceu na casa.

Maria Claudia leva a cachorra chamada Ana para dentro da casa do "BBB"
Maria Claudia leva o cachorro Luna para dentro da casa do "BBB" - Reprodrução/Globo

Semana 11

Apesar de ter perdido as primeiras etapas, Maria Claudia venceu a prova do líder de virada.

Como resultado, Geralda e Ronan foram ao penúltimo paredão, e a professora aposentada foi eliminada.

Cacau seguiu vencendo os momentos decisivos, ganhando também a útima prova, garantindo uma vaga na final. Munik e Ronan, então aliados, foram ao último paredão, com vitória da goiana, que agora também está na disputa por R$ 1,5 milhão.

Ronan deixa o "BBB16"
Ronan deixa o "BBB16", e final será disputada entre Maria Claudia e Munik - Reprodução/Globo

 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias