Televisão

Lima Duarte celebra estreia de Sassá Mutema no streaming: 'Definitivo'

'O Salvador da Pátria', exibida originalmente em 1989, chega ao Globoplay

O personagem Sassá Mutema, interpretado por Lima Duarte - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

"O Salvador da Pátria", exibida originalmente pela Globo em 1989, chegou ao Globoplay nesta segunda-feira (6). A novela faz parte do projeto de resgate de clássicos da dramaturgia brasileira que o serviço de streaming está desenvolvendo.

A trama de Lauro César Muniz foi estrelada por Lima Duarte, 91, que fez sucesso como o ingênuo Sassá Mutema. O personagem era um boia-fria que vivia da colheita de laranjas e desenvolvia uma paixão pela professora Clotilde, vivida por Maitê Proença.

"Fiz grandes personagens, mas não tenho dúvida de que o Sassá é definitivo", afirmou o ator. "Um homem ignorante, que não sabe ler e escrever, mas que evolui do início ao fim da história. Ama com todo o seu coração a sua mãezinha e, com o passar da novela, transfere esse sentimento à professora Clotilde."

Na novela, o deputado Severo Blanco (Francisco Cuoco) é dono da maior fábrica de sucos do local. Para encobrir seu caso com Marlene (Tássia Camargo), o político e empresário tenta fazer com que ela se case com o boia-fria.

Porém, a moça é encontrada morta, assim como o radialista inescrupuloso Juca Pirama (Luis Gustavo). Sassá é acusado pelo crime, mas tenta provar sua inocência tendo Clotilde como aliada.

"A grande lição que Sassá aprendeu com a professorinha foi a paixão", comenta Lima. "A forma como ele se declarava para Clotilde era fantástica, com cenas incríveis, lembro até hoje. Me pergunto se os sentimentos valem da mesma forma nos dias de hoje. Será? É isso que espero compreender com a chegada da novela no Globoplay."

A novela foi dirigida por Paulo Ubiratan e teve supervisão de Daniel Filho. O elenco tinha ainda nomes como Susana Vieira, Maurício Mattar, Narjara Turetta, Lucinha Lins, Natália Lage, Suzy Rêgo, Betty Faria, Luis Gustavo e José Wilker, entre outros.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem