Televisão

'Jezabel': Princesa fenícia promove matança nos israelitas e eles ateiam fogo em templo pagão

Confira o que acontece na novela entre 29 de abril e 3 de maio

Lidi Lisboa em 'Jezabel', da Record
Lidi Lisboa em 'Jezabel', da Record - Divulgação
São Paulo

De autoria de Cristiane Fridman, a novela "Jezabel" é exibida às 20h45 na Record. ​

Segunda-feira (29)

IB (Fabio Scalon) vai ao aposento de Jezabel (Lidi Lisboa) e diz que a comitiva dela está pronta. Acabe (André Bankoff) está próximo a comitiva e Jezabel chega. Acabe pergunta se ela dormiu bem. Acabe pergunta à Jezabel para onde ela vai para garantir sua segurança. Jezabel diz que irá a uma missão. Acabe pede a Obadias (Juan Alba) que mande um soldado do palácio seguir a comitiva. Jezabel parte sob o olhar intrigado de Acabe. Pelas ruas do comércio, Phineas (Eduardo Lago) e um aglomerado de pessoas se aproxima da comitiva para ver Jezabel. Jezabel chega à casa de Micaías (Guilherme Dellorto). Quando Inlá (Leonardo Franco) abre a porta, Jezabel está diante dele e diz que quer falar com o profeta Elias (Iano Salomão).

Terça-feira (30)

Jezabel encontra Elias e o confronta sobre a profecia feita por ele. Jezabel diz a Elias que aceite que seja fiel a ela, e não ao Deus de Israel. Elias avisa aos profetas que ficará em Samaria. Jezabel pede que Pigmalião (Ricardo Pavão) e Thanit (Mônica Carvalho) ataquem os profetas. Obadias fica envergonhado ao investigar visita de Jezabel na casa de Inlá. Raquel leva bronca de Yarin (Andrea Avancini). Etbaal pede que Jezabel volte atrás em suas ordens. Jezabel ordena ao povo de Israel adoração aos seus deuses. Ela observa que Elias e os outros profetas não se ajoelham para adoração.

Quarta-feira (1°)

Jezabel  ordena que todos se ajoelhem diante do altar do deus Baal.  Elias se nega e se aproxima de Jezabel. Ela fica furiosa e ordena que os profetas israelitas sejam mortos. Hannibal (Rafael Sardão) e os soldados avançam diante dos profetas e seus seguidores. Profetas e discípulos são perseguidos e mortos pelos soldados fenícios. Acabe e Jezabel discutem por causa da matança. Jezabel fica furiosa ao descobrir que Elias continua vivo.

Quinta-feira (2)

Elias vai embora de Samaria e a terra atrás dele se torna seca. Meses depois, Acabe se preocupa com a seca que assola Samaria. Obadias sugere que sacerdotes fenícios deixem Samaria para economizar comida. Jezabel se nega a parar construção do templo dos deuses fenícios. Pigmalião ordena que os servos trabalhem, mesmo estando fracos e famintos. Os profetas sobreviventes escondidos nas cavernas decidem procurar a ajuda de Obadias para retornar à cidade.

Sexta-feira (3)

Profetas colocam fogo no templo. Soldados fenícios tentam conter as chamas no templo. Jezabel descobre sobre o incêndio no templo e culpa Elias. Jezabel expulsa Aisha (Adriana Birolli) dos aposentos de Acabe. O rei defende Asiha. Hannibal ordena que os soldados busquem por Elias e os profetas. Acabe desabafa com Obadias sobre a seca, mas diz que não irá se curvar às palavras de Elias. Os soldados israelitas ficam decepcionados com ordem de Barzilai (Timóteo Heiderick) de perseguir os profetas. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem