Televisão

Vencedora do Canta Comigo, Débora Pinheiro sonha com primeiro show e quer carreira em SP

Ela venceu o programa da Record nesta quarta com 48,8% dos votos

A cantora Débora Pinheiro, 30, no momento em que vencia o reality Canta Comigo, da Record
A cantora Débora Pinheiro, 30, no momento em que vencia o reality Canta Comigo, da Record - Divulgação/TV Record

Leonardo Volpato
São Paulo

Vencer o reality musical Canta Comigo (Record) era algo totalmente impensado para Débora Pinheiro, 30. Natural do Rio de Janeiro, a cantora foi escolhida por 48,8% do público e levou o prêmio de R$ 300 mil da primeira temporada do programa de Gugu Liberato. 

​"Foi inacreditável e indescritível. Muitas emoções juntas. A única coisa que pensava era em abraçar a minha filha. Quando anunciou meu nome eu entrei em choque, apaguei, não conseguia reagir”, relembra Débora, mãe da pequena Elisabeth, 2.

Na decisão desta quarta (12), ela cantou o sucesso “Soul de Verão”, de Sandra de Sá, e disputou o prêmio com os cantores Naheda Beydoun e Gabriel Camilo, que haviam se destacado em meio aos oito concorrentes que iniciaram a disputa.

Com a quantia recebida do programa, Débora Pinheiro quer realizar os seus maiores sonhos. "Estou em busca do primeiro show da minha vida e que alguém me pague por isso. Fiz uma apresentação uma vez em um restaurante, mas foi frustrante, tive de pagar os músicos do meu bolso, pedi dinheiro ao meu pai, nem teve público suficiente."

A vencedora do reality musical da Record disse ainda que pretende comprar sua casa própria, pois mora de aluguel em Niterói, na região metropolitana do Rio, e teme pela segurança da família. "A gente vive perto de uma área de risco, minha filha não pode passear, ir ao quintal brincar, pois tem tiroteio. Meu marido, que é argentino, uma vez foi à padaria e teve um tiroteio. Agora ele está adorando São Paulo. Não descarto me mudar para São Paulo."

A partir de agora, Débora pensa em investir na carreira de cantora, processo que ela teve de congelar depois que a filha nasceu. Na época, ela tinha algumas músicas engatilhadas em estúdio. A artista vai retomar a rotina de composições e também deverá lançar música inédita em breve, que compôs aos 15 anos.

"Quero lançar um EP [disco com até seis faixas]. Cheguei a conversar com gravadoras antes de ser mãe, mas não fechei com ninguém. Seria importante, pois ajudaria muito na distribuição. Meu plano pessoal é viver da música. Meu estilo é um pop romântico", adianta.

Enquanto o novo single não chega, ela conta que já tem outro trabalho bem próximo de acontecer. Vai trabalhar em um musical, algo que ela já fez algumas vezes ao longo dos últimos anos.

“Antes da final do Canta Comigo eu soube que havia passado em um teste que fiz para a peça ‘Doc 70’ e estou no elenco. O espetáculo estreia em novembro no Rio, e virá para São Paulo em meados de março de 2019. Nele, todos vão ter o seu momento de brilhar”, finaliza a cantora.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem