Televisão

Amaury Jr. diz que teve depressão e pensou em parar de trabalhar: 'não é tão prazeroso assim'

Amaury Jr. participa de programa de Mariana Godoy
Amaury Jr. participa de programa de Mariana Godoy *** **** - Divulgação RedeTV


Aos 66 anos, o apresentador Amaury Jr. diz que não gosta de ser chamado de vô pelos netos. "Peço para meus netos me chamarem de Amaury. Que vovô, estou fora". 

O artista é o convidado desta sexta (7) do "Mariana Godoy Entrevista" apresentado pela jornalista na RedeTV! — a atração vai ao às 23h05. 

Com 37 anos como colunista de televisão, Amaury também falou sobre a depressão que teve durante um ano em que quis parar de trabalhar e não sair mais de casa. 

"Não é um trabalho tão prazeroso assim, é um trabalho como outro qualquer. Não vou na festa para me divertir, muito pelo contrário. Festa, para mim, é sinônimo de trabalho. A imagem passa isso, né? Gente bonita, boas comidas, boa bebida, música, ambiente festivo, mas estou lá trabalhando".

CARREIRA 

A Mariana, Amaury disse que gostaria de entrevistar a cantora Marisa Monte. "Sou fã absoluto". 

Já Ana Maria Braga é o seu "orgulho" — ela foi sua assistente de palco no começo da carreira. A apresentadora do "Mais Você", da Globo, participou de um programa de gincanas que Amaury comandava na TV Rio Preto, em um desafio em que as equipes deveriam levar pessoas parecidas com Brigitte Bardot. 

"Ela não só ganhou o concurso, como despertou a plateia que costumava assistir a gincana, e eu falei 'traz essa menina para cá'. Tenho orgulho de ter sido o primeiro a colocar minha querida Ana Maria Braga na televisão".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias