Televisão

Temer 'ex-presidente' e ministro 'Gilmar Temer': a sucessão de gafes nos noticiários

Secretaria de cultura
O ministro Gilmar Mendes na quarta sessão do julgamento da cassação da chapa Dilma-Temer que acontece no TSE - Marlene Bergamo/Folhapress


A temperatura do noticiário político do país tem fervido a cabeça dos brasileiros — e também de quem trabalha apurando informações dos bastidores de Brasília, os jornalistas.

De tão quente que a coisa está, lapsos têm ocorrido com mais frequência nos textos de repórteres.

A bruxa está solta desde o dia 17 de maio, quando foi noticiado que o presidente Michel Temer foi gravado pelo empresário Joesley Batista, o dono do frigorífico JBS, falando sobre a solução de "pendências" com o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

No dia em questão, foi o apresentador William Bonner, do "Jornal Nacional", da Globo, que abriu a temporada de gafes. Ao vivo, o jornalista chamou Temer de "ex-presidente" — falha que não passou despercebida pelos internautas.

Nesta semana, foi a vez do repórter Júlio Mosquéra, que cobria o início do julgamento da chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na terça (6), na mesma emissora, no mesmo jornal de Bonner, o repórter, numa entrada ao vivo da capital federal, também chamou o mandatário do país de "ex-presidente".

​Mosquéra corrigiu-se imediatamente, mas as redes sociais não perdoaram — e cresceram a listinha.

Nesta sexta (9), as falhas voltaram a dar as caras, no dia em que o TSE absolveu, por 4 votos a 3, a chapa de 2014, livrando o presidente Temer da cassação.

Desta vez, erro duplo do "Jornal Nacional" e da própria Folha, que, em momentos próximos, chamaram o ministro Gilmar Mendes, presidente do TSE, de "Gilmar Temer".

Na televisão, a falha saiu da boca, de novo, de Mósquera no "JN". Por aqui, o lapso aconteceu em uma publicação no liveblog que acompanhou a votação minuto a minuto e que foi parar no Twitter do jornal.

Ponto para os atentos internautas.





Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias