Televisão

Benedito Ruy Barbosa dá declaração homofóbica em festa de 'Velho Chico' e gera boicote à novela

Benedito Ruy Barbosa pode ter dado um tiro no pé com a audiência de sua nova novela, "Velho Chico", que estreia na segunda-feira (14).

Isso porque os telespectadores e internautas estão indignados com a declaração homofóbica dada pelo novelista na festa de lançamento do folhetim, na última segunda-feira (7).

Autor de clássicos da Globo como "O Rei do Gado" (1996), "Terra Nostra" (2000) e a mais recente "Meu Pedacinho de Chão" (2014), ele revelou sem papas na língua que não gosta de incluir personagens e conflitos homossexuais em suas tramas.

"Odeio história de bicha. Pode existir, pode aceitar, mas não pode transformar isso em aula para as crianças. Tenho dez netos, quatro bisnetos e tenho um puta orgulho porque são tudo macho pra cacete”, disse ele ao jornal "Extra".

A filha Edmara, coautora da novela junto com ele, chegou a chamar a atenção do pai, que continuou: "Deixa eu falar, ué. É a minha opinião".

"Não sou contra, não acho errado. O que acho é que quando eu tenho na mão 80 milhões assistindo minha novela, tenho que ter responsabilidade. Tenho que saber que tem muito pai que não quer que o filho veja, porque eles não sabem explicar. Muita gente reclama disso para mim", continuou ele, que vai fazer 85 anos em abril.

O autor ainda acusa os colegas autores de idealizarem os personagens gays: "só é normal o cara que é bicha, o que não é bicha não é normal. A mulher que é sapatona é perfeita, a que não é sapatona não é legal. É assim que estamos vivendo", acusa.

Em "Amor à Vida" (2014), de Walcyr Carrasco, o personagem Félix (Matheus Solano) ficou marcado como o primeiro vilão gay do horário nobre. Téo Pereira (Paulo Betti) de "Império" (2015), de Aguinaldo Silva, também tinha conduta duvidosa.

Boicote

O nome do autor está entre os assuntos mais comentados do Twitter. E não de forma postitiva. Houve encarasse com bom humor, mas os mais ofendidos já combinam de não assistir à novela.

 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem