Televisão

Para Marcelo Madureira, 'Tá no Ar' não tem nenhuma novidade

Sucesso de crítica, "Tá no Ar" passa longe de agradar Marcelo Madureira. Para ele, a atração, comandada por Marcelo Adnet e Marcius Melhem, é uma cópia do "Casseta e Planeta", programa do qual fez parte até 2010, misturada com o "TV Pirata", ambos globais.

No "The Noite" (SBT), que vai ao ar nesta segunda-feira (4), o humorista reconheceu o talento de Adnet, mas afirmou que esperava mais do colega. Em sua opinião, ele não mostrou no programa nada que o "Casseta" já não tenha feito.

"[O 'Casseta e Planeta'] foi uma experiência extravagante. Tivemos as nossas influências, como Monty Python, Chico Anysio, e o legal é ver que também influenciamos as outras gerações", disse.

Segundo Madureira, no entanto, o humorístico, fora do ar há quase cinco anos, não é lembrado como merece. "Obliteraram o 'Casseta' da memória da televisão. Isso é uma coisa que me deixa triste, porque demos uma contribuição."

Na atração do SBT, ele falou ainda sobre a migração do humor da TV para a internet, que tem tudo a ver com seu próximo trabalho. "O próprio conceito de canal de televisão, de broadcast, eu acho que está condenado. Estou com um projeto grande, um programa meio lego, que pode ir para todas as plataformas."

Crédito: Leonardo Nones/SBT Marcelo Madureira é entrevistado do "The Noite" (SBT)
Marcelo Madureira é entrevistado do "The Noite" (SBT)

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias