Televisão

Personagem dúbia em novela, Maria Casadevall acredita em aproximação com universo das séries

Maria Casadevall, 27, está se preparando para viver a socialite Margot em "I Love Paraisópolis", próxima novela das 19h da Globo.

Se sua personagem será vilã ou mocinha, ela prefere apostar num meio termo: "O bonito dessa novela é que os personagens são humanos, todos vivem conflitos muito reais", explicou, em entrevista ao "F5", na festa de lançamento da novela, na última quarta-feira (29), em São Paulo.

Essa "profundidade" dos personagens é, para ela, fruto de uma tentativa de aproximação da teledramaturgia com o universo dos filmes e séries. "A gente quer dialogar cada vez mais com as séries. O roteiro vai adquirindo cada vez mais qualidade a abandonando esse perfil maniqueísta das novelas".

TROCADA

Na trama, Margot perde o noivo, Benjamin (Maurício Destri) para Marizete (Bruna Marquezine), moradora da favela de Paraisópolis. A rejeição vai despertar o lado cruel da personagem, que acaba fazendo algumas maldades.

"Ela é humana, tem seu lado bom e ruim. Dependendo das situações que a gente passa na vida, vamos respondendo a elas com atitudes, então a Margot tem alguns lapsos de descontrole, ela acaba ficando mais amarga... Mas não diria ainda que ela se transforma em vilã", analisa Maria.


Além de ser trocada pelo namorado, a personagem ainda vai ver cair por água abaixo seu projeto de urbanização da favela de Paraisópolis, que ela mantinha junto com Benjamin.

"É uma mistura de tudo: ego ferido, perda de um amor sincero e ao mesmo tempo a perda desse projeto, que é como se fosse um filho pra eles", explica a atriz, solidária ao sofrimento de sua personagem. "Ela entra numa crise moral. Ela é uma mulher inteligente, muito forte e ao mesmo tempo muito delicada. Tem uma delicadeza que eu não tenho, eu admiro", se derrete.

A aristocracia é, por enquanto, a única coisa que aproxima Margot da sogra Soraia (Letícia Spiller), a vilã "oficial" da novela, ao lado de Gabo (Henri Castelli).

"Ainda estou gravando cenas em que existe um embate claro entre e Margot e a Soraia, elas ainda se estranham. Elas têm princípios muito diferentes, então não sei se no futuro elas vão se aliar contra a Marizete", reflete.

ADEUS, FRANJINHA

A personagem é a primeira de Maria Casadevall na TV sem sua marca registrada: a franjinha curta no meio da testa. Para o novo papel, a atriz está com as madeixas longas, usando um megahair.

"A franjinha foi uma ideia que eu tive antes de entrar na TV e aí rolou, virou o cabelo da personagem e depois da Lili ['Lili, a Ex', série da GNT], mas eu já estava doida pra me ver sem ela. Eu tenho testa, gente!", brincou.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem