Televisão

Danton Mello diz que 'nem tenta fazer graça' com Tatá Werneck do seu lado

Danton Mello está conformado com seu papel de "escada" para as cenas cômicas com Tatá Werneck em "I Love Paraisópolis" (Globo).

Em entrevista ao "F5" na última quarta-feira (29), na festa de lançamento da novela, o ator diz que não faz questão de tentar ser engraçado na hora de contracenar com Tatá, seu par romântico na trama.

"Eu deixo a Tatá levar. Se tem um comediante nato do meu lado, não tenho que tentar fazer graça", opina. "Eu não sou comediante. Estou aprendendo a fazer comédia, mas não adianta tentar fazer nada com a Tatá do meu lado", conforma-se.

Na trama, Danton é Cícero, um fiscal da receita federal, "um cara metódico, certinho, íntegro, mas que se apaixona pela Dandara [Tatá], que é uma porra louca", define.

Nascido e criado em Paraisópolis, Cícero sempre tenta manter seu senso de ética, mas acaba se metendo nas confusões aprontadas por Dandara, que ainda por cima vive esnobando seu amor.

"Ele vai sofrer na mão dela, ela esnoba muito ele", adianta ele, quase tomando as dores do personagem.

Em "I Love Paraisópolis", os conflitos éticos farão parte de quase todos os personagens, tanto dos vilões quanto dos mocinhos.

A proposta da novela é trazer personagens mais profundos, sem o maniqueísmo de "Babilônia", por exemplo, em que a vilã Beatriz (Glória Pires) parece não ter nenhuma fraqueza sequer.

"A novela tá colorida, jovem, rápida, dinâmica e com elenco incrível", elogia Danton. A novela marca sua volta à TV após um hiato de cinco anos.

<> Galeria de Imagens
34587
Matéria importada do Spiffy News

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias