Televisão

Comercial considerado muito sexy só passou em metade dos EUA durante Super Bowl; assista

Conhecida nos Estados Unidos por abusar de propagandas sensuais para vender hambúrguer, a rede Carl's Jr. conseguiu surpreender novamente.

A campanha deste ano trouxe a curvilínea modelo Charlotte McKinney, 22, caminhando por uma feira, dando a impressão que está nua enquanto cebolas e melões "escondem" partes de seu corpo.

"[O hambúrguer] faz eu me sentir muito bem. Nada entre mim e minha suculenta e 100% carne natural, alimentados com capim", descreve a loira enquanto caminha.

Com o slogan "tudo natural", o comercial não foi bem aceito por parte do público e só foi exibido no Super Bowl deste ano, no domingo (1º), na costa Oeste dos Estados Unidos. A informação é do jornal "USA Today".

Na internet os números mostram que a campanha agradou: desde o dia 21 de janeiro, o vídeo já foi visto quase 9 milhões de vezes no YouTube.


Ele não chegou a ser banido completamente como aconteceu com a campanha da mesma rede estrelada por Kate Upton em 2012 —na ocasião, a modelo ia tirando a roupa enquanto suava devido aos efeitos do hambúrguer picante que estava comendo.

Aliás, Charlotte foi imediatamente comparada a Kate não só pelo tom do cabelo como pela fartura de suas curvas.

"Eu sou uma bonitona com curvas e peitos grandes. eu não sou do tipo 'fashion'. Eu não faço desfiles. Você não me verá na na semana de moda", admitiu Charlotte em entrevista à revista "Esquire" ano passado.


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias