Televisão

TOP 5 - Relembre os momentos mais marcantes da TV brasileira em 2014

Muitas vezes criticada, a televisão brasileira também é capaz de produzir momentos belos, engraçados, espontâneas e até históricos.

Em 2014, não foi diferente. Algumas das coisas que passaram pela telinha vão ficar gravados em nossas memórias por muito tempo.

Elencamos abaixo os cinco que não achamos que não devem passar em branco. Confira!


5º - Dani Calabresa reage a traição

Apenas alguns dias após o marido, Marcelo Adnet, ser flagrado a traindo, havia dúvidas de se Dani Calabresa participaria da edição ao vivo do "CQC" (Band) do dia 10 de novembro. Ela não só participou como deu um cala-boca nas pessoas que a estavam criticando por não se posicionar sobre o assunto. "Preciso falar. Tem muita gente se metendo na minha vida", disse. "Às vezes as pessoas erram", continuou, dando a entender que perdoou o marido. Em seguida, ela levantou da bancada e quase deu um beijo em Marcelo Tas, depois se dirigiu a Marco Luque e deu um beijaço no colega de elenco.



4º - Após quase 14 anos, termina "A Grande Família"

Lineu (Marco Nanini), Nenê (Marieta Severo) e companhia entravam semanalmente em nossas casas havia tanto tempo que, de fato, pareciam já fazer parte das nossas famílias. Por isso, o anúncio de que a Globo exibiria neste ano a última temporada de "A Grande Família", apesar de esperado, ainda deixou muita gente sem chão, como se tivesse perdido um parente. No último episódio da 14ª temporada, que foi ao ar no dia 11 de setembro, uma diretor de TV escolhia os Silva como inspiração para um seriado baseado neles. A metalinguagem rendeu ótima audiência e foi uma bela homenagem para uma série que vai deixar saudades.



3º - Pela primeira vez, "JN" é apresentado só por mulheres

Com parte de uma ação da Globo para comemorar o Dia das Mulheres, o "Jornal Nacional" foi apresentado pela primeira vez por duas mulheres no dia 8 de março deste ano. Patrícia Poeta, que comandava o jornalístico à época, ganhou a companhia de Sandra Annenberg. A apresentadora do "Jornal Hoje" entrou no lugar do titular do telejornal, William Bonner. Outros programas da grade da emissora seguiram o exemplo. O resultado foi positivo: com a bancada exclusivamente feminina, o programa obteve a maior audiência em um sábado de 2014 até então.



2º - SBT interrompe "Chaves" por morte de "Chaves"

Ícone da televisão mexicana (e brasileira), o humorista Roberto Bolaños morreu no dia 28 de novembro, aos 85 anos. Criador de personagens extremamente queridos no mundo todo, como Chaves e Chapolin Colorado, ele estava para a grade de programação do SBT assim como a água está para a vida. Tanto é que adivinha qual programa precisou ser interrompido para que Rachel Sheherazade pudesse dar a notícia do falecimento? Sim, estava passando "Chaves"! A emissora fez jus à importância que Bolaños teve com uma cobertura especial do enterro dele, ao vivo da Cidade do México, e abriu uma exposição em homenagem a ele em São Paulo.



1º - Félix e Niko se beijam em "Amor à Vida"

Há não muito tempo, em uma galáxia bem conhecida da gente, beijo gay era considerado tabu em telenovelas, sabia??? Foi só em 31 de janeiro deste ano que ocorreu o primeiro beijo de amor entre dois personagens masculinos em uma trama do gênero no Brasil. Sua exibição coroou a guinada para o bem de Félix (Matheus Solano), que era o vilão de "Amor à Vida" (Globo). Ele e Niko (Thiago Fragoso) terminaram a novela juntos, cuidando do pai do primeiro, o homofóbico César (Antonio Fagundes), que havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral). "Eu não vivo sem você, Carneirinho", disse Félix, antes de beijar o parceiro. A cena foi comemorada como se fosse um gol de final de Copa do Mundo em bares de São Paulo e rendeu elogios de ativistas dos direitos dos homossexuais e pessoas de bem em geral. Foi história sendo escrita diante dos olhos do telespectador.


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias