Televisão

Saída de Patrícia Poeta do 'Jornal Nacional' teria relação com Carlinhos Cachoeira

Segue ecoando na Globo o anúncio repentino da saída de Patrícia Poeta do "Jornal Nacional".

Para alguns jornalistas da emissora, o fato tem associação direta com a notícia de que Poeta e seu marido, o diretor de programação da rede, Amauri Soares, estariam comprando um apartamento no Rio, no valor de R$ 23 milhões, que seria do empresário Georges Sadala, citado nas investigações sobre o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Barracos bobos e infundados preenchem o tempo dos participantes de 'A Fazenda 7'
Reprise de 'Esmeralda' do SBT ganha de 'Vídeo Show'
Hacker ajudará a polícia a seguir passos de serial killer em 'Dupla Identidade'

Segundo fontes da Globo, a notícia da compra do imóvel vazou para a imprensa e desagradou à alta cúpula da emissora. Teria até sido assunto de uma reunião. Procurado, Amauri Soares não comentou o assunto.

Poeta deixa o "JN" com audiência em queda. Mas vale dizer que o noticiário vem sofrendo com a fuga de plateia do horário eleitoral e com o baixo desempenho das novelas que o antecede e o sucede na emissora.

As informações são da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta sexta-feira (19).


Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias