Televisão

Natallia Rodrigues diz que não teve problemas com cenas ousadas de cafetina bissexual em série

Natallia Rodrigues, 32, estreou na última segunda-feira (11) a série "A Segunda Vez" (Multishow), em que interpreta Fabi, uma mulher moderna, viajada e bissexual, que se une a Raul (Marcos Palmeira) para criar a maior rede de prostituição de São Paulo.

Sua personagem vive um triângulo amoroso: ela se envolve romanticamente com Raul, mas acaba se apaixonando por uma das prostitutas, interpretada por Eline Porto, com quem vive uma relação tórrida. A série promete cenas quentes, tanto com o protagonista, quanto com Eline.

Histórias de abuso contra prostitutas impressionaram atriz de 'A Segunda Vez'
Marcos Palmeira compete consigo mesmo com novela e série no mesmo horário
Atriz diz que aprendeu a se portar 'como mulher de sua idade' com papel em 'A Segunda Vez'

Ao "F5", Natallia afirmou que não teve problemas com as cenas fortes porque se preparou muito para o papel.

"Tive um desprendimento muito grande. Sou uma pessoa casada, tenho minha vidinha, não sou de balada. E eu me desprender da minha vida e mergulhar nesse universo da prostituição, da noite, foi um projeto de muito laboratório, leitura, muito preparo. Como eu preparei bastante, na hora de fazer as cenas mais ousadas eu já tava pronta", explica ela, que disse ter se inspirado em amigas bissexuais para compor a personagem.

A boa relação com os colegas de elenco também a ajudou a se soltar. "O Marquinhos [Palmeira] foi muito cuidadoso comigo. Ele foi generoso, cuidou de mim. E foi enriquecedor como atriz ter um companheiro de trabalho como ele", elogiou.


Emocionada, a atriz contou que passou a admirar o trabalho das prostitutas depois que conheceu algumas para o laboratório. "Tiro meu chapéu para elas. São mulheres muito fortes, guerreiras, que têm filhos, família e têm sua carreira, assim como eu tenho a minha. Algumas têm até marido, o marido sabe. Eu não sei se teria essa garra. Elas merecem todo o meu respeito e meu aplauso".

WORKAHOLIC

Além de estar no ar no Multishow com "A Segunda Vez", Natallia também estreia em breve a série "Lili, a Ex", no GNT, no dia 24 de setembro. A comédia é baseada nos quadrinhos de Caco Galhardo e tem Maria Casadevall no papel de Lili. Natállia faz a professora Mari, a "atual", com quem Lili vive em pé de guerra. O elenco também traz Felipe Rocha, Priscilla Fantin, Caio Castro, João Vicente de Castro, Milton Gonçalves e Rosi Campos.

Enquanto grava a série, ela se prepara para estrear também no teatro com "Caros Ouvintes", que entra em cartaz na próxima sexta-feira (15), no Teatro do Masp, em São Paulo. A história se passa na década de 60 e conta os bastidores das radionovelas.

"O elenco é grande e a peça é de época, então foi um trabalho muito específico de corpo e voz. Aprendemos a falar naqueles microfones antigos, é outra linguagem. Foi um trabalho difícil, desafiador, mas muito prazeroso. E eu faço uma mocinha, a primeira mocinha da minha vida! Nunca pensei em fazer mocinha e essa é minha primeira e é de época", se surpreende a própria atriz.

Entre ensaios da peça e gravações, ela acorda todos os dias às 5h da manhã, grava bem cedinho e depois corre para o teatro, onde fica até a noite. Mas a rotina atribulada, ela tira de letra. "Acabei emendando as duas coisas, e como eu queria muito fazer os dois, consegui organizar dessa forma. Preferi dormir menos e trabalhar mais. Eu durmo quando eu morrer!", se diverte.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias