Televisão

RedeTV! vence em primeira instância processo contra cerveja que deu golpe no "Pânico"

A Justiça acolheu em primeira instância o pedido de indenização da RedeTV!, no valor de R$ 27,4 milhões, contra a Companhia Brasileira de Bebidas Premium, responsável pela "farsa das tchecas" do "Pânico na TV", em 2011.

A ação foi julgada procedente na 8ª Vara Cível de Osasco (Grande SP), e os advogados da Rede TV! vão pedir nos próximos dias que o valor da indenização seja depositado em juízo. A decisão ainda cabe recurso.

No início de 2011, duas falsas modelos tchecas foram contratadas pelo "Pânico na TV!" para estrelarem um reality show no programa humorístico da RedeTV!.

As duas modelos na verdade faziam parte da estratégia de lançamento da cerveja Proibida, um projeto de R$ 60 milhões da Companhia Brasileira de Bebidas Premium, esquema revelado pela Folha em maio de 2011.

Crédito: Divulgação As modelos Michaela Matjekova e Alicia Seffras, que fingiram ser tchecas no "Pânico na TV!"
As modelos Michaela Matjekova e Alicia Seffras, que fingiram ser tchecas no "Pânico na TV!"

O problema é que o "Pânico" era patrocinado na época pela Ambev, que teve de ser ressarcida pela emissora por ter um anunciante do mesmo segmento na atração. A farsa causou problemas comerciais na Rede TV!.

A emissora entrou com um processo contra a empresa em junho de 2011, afirmando ser alvo de uma armação.
Procurada, a Companhia Brasileira de Bebidas Premium não se manifestou sobre o assunto.

A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta quinta-feira (6).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias